Linhas de Elvas
Nutriprado
Sanielvas 358x90
Intermarché
Sanielvas 358x90
Intermarché

Toiros: efeméride

Manolete faria 100 Anos de vida

O “monstro” do toureio, Manuel Rodríguez Sánchez “Manolete”, faria ontem, dia 4, 100 anos de nascimento. Um toureiro que se tornou ídolo para várias gerações no mundo da tauromaquia, considerado para muitos o melhor de sempre.

05 Julho 2017

O “monstro” do toureio, Manuel Rodríguez Sánchez “Manolete”, faria ontem, dia 4, 100 anos de nascimento. Um toureiro que se tornou ídolo para várias gerações no mundo da tauromaquia, considerado para muitos o melhor de sempre.

Nasceu a 4 de Julho de 1917 em Córdoba, oriundo de família taurina, Manolete cresceu com o sonho de se tornar matador de toiros. Toureou pela primeira vez em público na localidade de Cabra (Córdoba) em 1931. Tomou a alternativa em Madrid na Monumental de Las Ventas a 12 de Outubro de 1939.

Toureiro com vinco próprio, levou a máxima expressão de revolução de José Gómez “Joselito” e a estética de Juan Belmonte, que tinham sido os grandes ícones do toureio em anos anteriores. Em 1943 era líder incontestável do escalafón. Para muitos a sua melhor faena foi ao toiro “Ratón” durante a Corrida da Imprensa em Madrid corria o ano de 1944.

No dia 28 de Agosto de 1947, Manolete toureava na Praça de Toiros de Linares, junto a Luis Miguel Dominguín e Rafael Vega de los Reyes “Gitanillo de Triana II”. Seria a última tarde de um ídolo, pois recebeu uma forte cornada do “Islero” toiro da ganadaria Miura, que lhe provocou uma hemorragia incessante ao qual Manolete acabaria por não resistir. As fotografias dessa trágica tarde, apenas foram conseguidas pelo famoso fotógrafo Paco Cano “Canito”.

Um toureiro que ficou para história.

Tauronews - foto: elartetaurino.com

Links Relacionados