Linhas de Elvas
Elióptica Regresso às Aulas
Nutriprado
Bricoelvas
Liberdade Branco
Sanielvas 358x90 - Nov17
Liberdade Branco
Bricoelvas
Assine Já

S. Pedro do Corval

Órgãos sociais da Associação Portuguesa de Cidades e Vilas Cerâmicas tomaram posse

Os órgãos sociais da Associação Portuguesa de Cidades e Vilas Cerâmicas tomaram posse no passado dia 29 de Maio.

31 Maio 2018

Os órgãos sociais da Associação Portuguesa de Cidades e Vilas Cerâmicas tomaram posse no passado dia 29 de Maio, na Assembleia Geral realizada na Casa do Barro - Centro Interpretativo da Olaria de S. Pedro do Corval.
Da ordem de trabalhos fizeram também parte a apreciação e votação da acta nº 1, o balanço das actividades do “Bom dia cerâmica 2018”, iniciativa promovida pela Autarquia de Alcobaça, assim como de outros eventos ligados à cerâmica que as câmaras municipais organizaram, e a apresentação dos certames que se vão realizar este ano.
Em cima da mesa esteve ainda o processo de agregação da Associação Portuguesa de Cidades e Vilas Cerâmicas ao Agrupamento Europeu das Cidades de Cerâmica. Após a Assembleia realizou-se uma visita à vila medieval de Monsaraz.
Nos próximos dois anos, a Direcção da associação é composta pelas autarquias de Mafra (presidente), Caldas da Rainha (vice-presidente), Reguengos de Monsaraz (secretário), Barcelos (tesoureiro) e Tondela (vogal). A mesa da Assembleia Geral é constituída pelas autarquias de Aveiro (presidente), Redondo (vice-presidente) e Vila Nova de Poiares (secretário). O Conselho Fiscal é formado pelos municípios de Viana do Alentejo (presidente), Alcobaça (vice-presidente) e Ílhavo (vogal) e o Conselho Consultivo integra as autarquias de Batalha, Montemor-o-Novo e Viana do Castelo.
A Associação Portuguesa de Cidades e Vilas Cerâmicas é constituída pelos municípios de Alcobaça, Aveiro, Barcelos, Batalha, Caldas da Rainha, Ílhavo, Mafra, Montemor-o-Novo, Redondo, Reguengos de Monsaraz, Tondela, Viana do Alentejo, Viana do Castelo e Vila Nova de Poiares, concelhos que têm os principais centros cerâmicos do País e que totalizam mais de 600 mil habitantes.