euroace
Linhas de Elvas
Alimentos de Extremadura
Nutriprado
Elióptica Novembro
Liberdade Branco
Bricoelvas
Sanielvas 358x90 - Nov17
Assine Já
Liberdade Branco
Bricoelvas

Roteiro da Coesão Territorial passou pelo distrito

O Alto Alentejo acolheu, no passado dia 5 de Maio, o Roteiro da Coesão Territorial.

07 Maio 2018

O Alto Alentejo acolheu, no passado dia 5 de Maio, o Roteiro da Coesão Territorial. Esta iniciativa, desenvolvida pela Juventude Socialista (JS) à escala nacional, tem percorrido o País, desenvolvendo acções que levantem o véu aos bons exemplos que os poderes públicos e as entidades privadas vêm empreendendo no fomento da coesão territorial.
A passagem desta iniciativa pelo distrito de Portalegre contou com a participação de meia centena de jovens, nos seus diversos momentos, e foi acompanhada pelo secretário-geral da JS e deputado à Assembleia da República, Ivan Gonçalves.
A manhã foi dedicada a uma visita à Coudelaria de Alter do Chão, acompanhados pelo presidente do Município, Francisco Reis, e pelo presidente da Concelhia do PS local, João Nisa.
A visita centrou-se na forma como o programa Revive, lançado pelo Governo em exercício, promete dar uma nova vida a este importante património do Alto Alentejo e a forma como o Município está a projectar a Coudelaria como pólo de desenvolvimento económico do concelho.
Pela tarde foi organizado um debate subordinado ao tema “Interior: a porta de entrada de Portugal na Europa”, que decorreu no Museu de Arte Contemporânea de Elvas. A sessão de abertura esteve a cargo do secretário-geral da JS, Ivan Gonçalves, do presidente do Município de Elvas, Nuno Mocinha, do presidente da Federação de Portalegre da JS, Eduardo Alves, e do moderador e presidente da Concelhia de Elvas da JS, Bruno Mocinha.Roteiro da Coesao Territorial da JS
Esta sessão teve por oradores o presidente dos Jovens Socialistas Europeus (Young European Socialists), João Duarte Albuquerque, o secretário nacional da JS para a Coesão Territorial, Fábio Pinto, o presidente da Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIMAA) e presidente do Município de Campo Maior, Ricardo Pinheiro, e o secretário-geral do PSOE de Badajoz e responsável do PSOE da Extremadura para as relações com Portugal, Ricardo Cabezas, aflorando estes, sob as suas diversas perspectivas, o modo como as relações transfronteiriças têm hoje de ser encaradas como uma grande oportunidade para os territórios de baixa densidade.
A sessão de encerramento ficou a cargo do presidente da Federação de Portalegre do PS e deputado eleito por este círculo eleitoral, Luís Moreira Testa.
O programa encerrou com uma visita ao Forte da Graça, jóia da coroa de Elvas e catalisador do turismo no concelho e na região.
Para Bruno Mocinha, presidente da Concelhia de Elvas da JS, “este foi um dia importante para os jovens socialistas do Alto Alentejo”.
“Tivemos a oportunidade de debater vários temas especialmente importantes para a nossa região, como é o caso das relações de cooperação com os nossos vizinhos espanhóis e a valorização do património que nos é único. Graças a um painel ibérico, foi possível conhecer a visão que se possui do outro lado da fronteira e compreender que o caminho a seguir envolve o trabalho conjunto entre estas duas regiões com elevado potencial”, disse.
De acordo com Eduardo Alves, presidente da Federação de Portalegre da JS, “a coudelaria, as relações transfronteiriças e o património histórico partilham uma raiz comum: a de serem bons exemplos das vantagens comparativas que o Alto Alentejo tem de explorar, constituindo-se como trunfos que reforçam a nossa competitividade”.
“É inegável o caminho que está a ser percorrido no Alto Alentejo e cuja receita a JS não podia deixar de partilhar, incluindo-a nesta importante iniciativa que a JS nacional está a desenvolver”, concluiu.