Linhas de Elvas
Nutriprado
Elióptica - Cuidamos da sua visão
Sanielvas 358x90 - Nov17
Linhas Rádio
Linhas PDF
Sanielvas 358x90 - Nov17
Linhas Rádio

Política

Bruno Mocinha eleito presidente da Juventude Socialista de Elvas

A Juventude Socialista (JS) de Elvas elegeu sábado, 4 de Novembro, a única lista que se apresentou a sufrágio encabeçada por Bruno Mocinha, que sucede assim a André Cachola.

05 Novembro 2017

A Juventude Socialista (JS) de Elvas elegeu sábado, 4 de Novembro, a única lista que se apresentou a sufrágio encabeçada por Bruno Mocinha, que sucede assim a André Cachola.

Nesta eleição concorreu apenas a Lista A, tendo obtido um total de 65 votos e 0 em branco.

Integram no grupo de trabalho para o secretariado além de Bruno Mocinha, Filipe Rodrigues, Catarina Cachola, Miguel Camões, Vasco Costa, Andreia Brilha, Ruben Wilson, Diogo Semedo, Telma Maroto, André Caiola, Cassandra Candeias, Soraia Belchior, Marco Santos e Ana Rosa.

Para a Mesa da Assembleia, presidida por Leila Calado, constam André Cachola, Iolanda Cravinas, Ana Lebre e Filipe Belchior. Os representantes da JS na Comissão Politica da Concelhia do PS constam os nomes de Nuno Costa, Rui Baptista, Márcia Barrena e Max Pinheiro.

O presidente cessante da concelhia elvense da JS não se recandidatou por "acreditar na importância de uma JS cíclica e mais jovem", referindo que “esta passagem de testemunho é um acontecimento natural, pois neste momento é importante introduzir novas estratégias, novas ideias que apelem e satisfaçam as necessidades dos mais jovens. Não tenho dúvida alguma que o Bruno tem a capacidade e a motivação necessárias para cumprir esses objectivos”.

André Cachola refere ainda que continuará a participar activamente na JS. “Não me recandidato mas continuarei activo e a prestar o meu contributo em tudo o que conseguir, ainda tenho muito que aprender dentro da JS. Tenciono mais tarde dar continuidade a essa aprendizagem no PS”, salienta o jovem.

O recém-eleito, Bruno Mocinha, afirma que este novo ciclo tem todas as condições para seguir no caminho certo: “a equipa que construímos é dinâmica, possui uma enorme vontade de inovar e de fazer mais pela sua cidade, não faltam ideias e estratégias para revitalizar a acção da JS em Elvas. Além disso, é importante garantir uma voz a todos os jovens e dotá-los também das ferramentas necessárias para o sucesso pessoal e profissional”.

JS 2017