alimentos de extremadura
Linhas de Elvas
Elióptica 2020 - Proteja os olhos
Bricoelvas
Elióptica 2020 - Loja Online
El Faro - Campanha de Verão
Camelo Maio 2020
Nabeirauto - Crossland X
Jocriauto 012020
Jocriauto 012020
Nabeirauto - Crossland X
Sanielvas 358x90 - Nov17

Prémio BPI ”la Caixa” Infância 2020 distingue projectos para melhorar qualidade de vida de crianças e jovens

31 projectos portugueses recebem 750 mil euros para melhorar a qualidade de vida de crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social.

30 Julho 2020

O BPI e a Fundação ”la Caixa” anunciaram hoje os projetos vencedores da 2ª edição do Prémio BPI ”la Caixa” Infância . São 750 mil euros para apoiar 31 projetos que fomentem o desenvolvimento integral e a saúde de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, bem como o reforço de competências parentais.

Os projetos hoje distinguidos revelam várias respostas sociais, ainda mais prementes dado o agravamento do contexto social provocado pela crise pandémica, onde se incluem: promoção do sucesso escolar, desenvolvimento de competências comportamentais e digitais, atividades extracurriculares, capacitação parental e de todo o agregado familiar, terapias de desenvolvimento precoce e incentivo à leitura, entre outros.

A presidir o Júri deste prémio pela segunda vez, o Professor António Barreto enalteceu “o trabalho das instituições premiadas, desenvolvido em condições ainda mais difíceis devido aos diferentes condicionalismos provocados pela crise da pandemia Covid-19”. No total, nesta 2ª edição, as 146 candidaturas foram avaliadas tendo em conta os critérios de Qualidade, Sustentabilidade e Relevância dos projetos.

O Júri analisou e selecionou os projetos que considerou terem maior impacto social.

Foram distinguidos os projetos das seguintes 31 instituições: Academia dos Champs | Ajuda de Mãe- Associação de Solidariedade Social | Amigos da Montanha | ART-Associação de Respostas Terapêuticas | Associação do Centro Social de Escapães | Associação de Solidariedade Social Viver em Alegria | Casa do Povo de Resende | Casa do Povo de Santo António | Casa do Povo do Concelho de Óbidos | CCD DESPORTALEGRE | Centro de Caridade Nossa Senhora do Perpétuo Socorro | Centro de Solidariedade de Braga - Projeto Homem | Centro Solidariedade e Cultura de Peniche | Cercimor, CRL | Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação de Arcos de Valdevez | Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação de Coimbra | Focus, CRL | Fundação Santa Rafaela Maria | Fundação Rui Osório de Castro | Gondomar Social - Associação de Intervenção Comunitária | Instituto de Desenvolvimento e Inclusão Social – IDIS | Liga dos Pequeninos |  Mundo a Sorrir | PASEC | Pressley Ridge - Associação de Solidariedade Social | PROBRANCA - Associação Para O Desenvolvimento Sociocultural Da Branca | Santa Casa da Misericórdia da Ribeira Grande | Santa Casa da Misericórdia de Alcáçovas | Santa Casa Da Misericórdia De Miranda Do Douro | Santa Casa da Misericórdia de Montemor-o-Velho | Santa Casa da Misericórdia de Vila Nova de Gaia Prémios BPI ”la Caixa” 2020 distribuirão 3,75 milhões de euros.

Os Prémios inserem-se na política de responsabilidade social do BPI e são financiados pela Fundação ”la Caixa”, entidade que desde 2018 impulsiona iniciativas de carácter social, científico e cultural. No total são cinco os Prémios BPI ”la Caixa”, no valor de 3,75 milhões de euros, atribuídos anualmente a fim de apoiar projetos de instituições privadas sem fins lucrativos.

Em 2019, o BPI e a Fundação ”la Caixa” contribuíram com um total de mais de 20 milhões de euros para apoiar as áreas da Ciência, Educação, Cultura e Solidariedade
Social, tendo esta última representado perto de metade do total das verbas distribuídas em Portugal.

Nos últimos dez anos, em 24 edições concluídas, estes prémios entregaram cerca de 16M€ para a implementação de 539 projetos de inclusão social em Portugal. Os projetos apoiados já ajudaram mais de 130.000 portugueses.

O BPI e a Fundação ”la Caixa” estabeleceram um acordo de colaboração para o desenvolvimento de projetos de carácter social e cultural em Portugal após a entrada do
BPI no grupo CaixaBank.