alimentos de extremadura
Linhas de Elvas
El Faro - Campanha de Verão
Camelo Maio 2020
Elióptica 2020 - Loja Online
Bricoelvas
Elióptica 2020 - Proteja os olhos
Nabeirauto - Opel Mokka
Jocriauto 012020
Nabeirauto - Opel Mokka
Jocriauto 012020
Sanielvas 358x90 - Nov17

Alentejo e Ribatejo

Entidade Regional de Turismo arranca obra para concretizar 76 percursos cicláveis

A Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo vai iniciar, nos próximos dias, a obra para a concretização dos 76 percursos cicláveis, incorporados nos oito centros de cycling.

16 Junho 2020

A Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo vai iniciar, nos próximos dias, a obra para a concretização dos 76 percursos cicláveis, incorporados nos oito centros de cycling.

Até ao final do mês de Junho estão também a decorrer as pré-auditorias da Federação de Ciclismo de Portugal, sendo que o término das obras referentes às estações de serviço serão efectivadas a curto prazo, permitindo a abertura ao público ainda neste Verão das estações da Beirã (Marvão), Reguengo (Portalegre), Barragem de Póvoa e Meadas (Castelo de Vide), Freixo e Serra (Redondo), Ourique e Arronches.

Esta operação piloto tem o apoio do Turismo de Portugal e será executada até ao final de 2020. Irá disponibilizar ao visitante 3100 quilómetros, dos quais 1369km de BTT, 931km de estrada e 805km de gravel (caminhos não pavimentados). Está estruturada em quatro pólos (Ribatejo, São Mamede, Serra D’Ossa e Baixo Alentejo) em parceria com os municípios de Coruche, Chamusca, Arronches, Castelo de Vide, Marvão, Portalegre, Borba, Estremoz, Redondo, Almodôvar e Ourique.

A meta desta operação supramunicipal, que tem o envolvimento de inúmeros stakeholders, visa dar resposta à procura crescente do mercado nacional e internacional pelos percursos de Cycling, dotando o território de todas as condições inerentes à Rede de Cycling homologada, que irá oferecer aos seus utilizadores, não só a garantia de conhecer os vastos recursos naturais, culturais e etnográficos aqui existentes, mas também a possibilidade de o fazer em segurança com todas as infraestruturas necessárias de apoio ao ciclista.

Os oito centros de Cycling a implementar irão articular-se com os da Rota Vicentina e com o do município de Serpa, efectivando uma concertação estratégica da Turismo do Alentejo e Ribatejo na oferta deste segmento.