Coronavírus Covid-19
Linhas de Elvas
Bricoelvas
Elióptica 2020 - Loja Online
Elióptica 2020 - Proteja os olhos
Camelo Maio 2020
El Faro - Campanha de Verão
Jocriauto 012020
Nabeirauto - Opel Mokka
Jocriauto 012020
Sanielvas 358x90 - Nov17
Nabeirauto - Opel Mokka

Centro paroquial de Portalegre vai investir 6ME em unidade de cuidados continuados

Uma nova unidade de cuidados continuados vai ser construída em Portalegre, num investimento de seis milhões de euros, com capacidade para acolher 73 utentes e prevendo a criação de 80 postos de trabalho, foi hoje divulgado.

29 Maio 2020

Uma nova unidade de cuidados continuados vai ser construída em Portalegre, num investimento de seis milhões de euros, com capacidade para acolher 73 utentes e prevendo a criação de 80 postos de trabalho, foi hoje divulgado.
O projecto, da responsabilidade do Centro Social e Paroquial de São Tiago de Urra, vai surgir num terreno de sete hectares junto à instituição, devendo o concurso público para a adjudicação da obra ser lançado em Junho.
“Temos de correr riscos e se queremos fixar pessoas e diminuir as assimetrias e o desemprego, temos de dar trabalho e oportunidades”, disse hoje o presidente da instituição, o padre Marcelino Marques, em declarações à agência Lusa.
De acordo com o responsável, o projecto pretende transferir para o novo equipamento as unidades de longa duração e convalescença.
No espaço que ficará depois vago no centro social e paroquial, os responsáveis prevêem instalar “60 camas para apoio social”.
Com um investimento de seis milhões de euros, o novo equipamento vai ser financiado em 51% por fundos comunitários, sendo a restante verba, segundo o pároco, oriunda de “capitais próprios e de mecenas”.
Marcelino Marques disse esperar que as obras arranquem em Setembro ou Outubro deste ano para ficarem concluídas “no primeiro semestre de 2022”.
O Centro Social e Paroquial de São Tiago de Urra inclui actualmente uma estrutura residencial de idosos, centro de actividade de tempos livres e unidades de longa duração e convalescença, com um total de 130 utentes.
A instituição presta ainda serviços de apoio ao domicílio e centro de dia a 30 utentes, fornecendo também diariamente 160 refeições a três escolas do pré-escolar e primeiro ciclo e ao centro de dia de Reguengo.
O centro conta com 120 funcionários, além de 30 prestadores de serviços.