Coronavírus Covid-19
Linhas de Elvas
Elióptica 2020 - 5
El Faro - Abril 2020
Linhas em sua casa
CCDRA 4º Trimestre 2019
Linhas de Elvas
Nabeiroauto - Abril 2020
Jocriauto 012020
Assine Já
Nabeiroauto - Abril 2020
Sanielvas 358x90 - Nov17
Linhas de Elvas
Jocriauto 012020

Barragem de Montargil com obras de 2 milhões de euros para melhoria das condições de segurança

A Associação de Regantes e Beneficiários do Vale do Sorraia (ARBVS) prevê investir mais de dois milhões de euros em obras de melhoramento das condições de segurança da barragem de Montargil, no concelho de Ponte de Sor.

11 Março 2020

A Associação de Regantes e Beneficiários do Vale do Sorraia (ARBVS) prevê investir mais de dois milhões de euros em obras de melhoramento das condições de segurança da barragem de Montargil, no concelho de Ponte de Sor.
“Estamos na fase da apresentação de propostas ao concurso e possivelmente a obra vai ter início do verão e terá a duração de um ano”, explicou hoje Gonçalo Sousa, membro da ARBVS, em declarações à agência Lusa.
O anúncio da empreitada de melhoria das condições de segurança da barragem já foi publicado em Diário da República.
A empreitada prevê trabalhos de reabilitação de betões e fornecimento e colocação de enrocamentos e materiais de transição, além de guardas, vedações, escadas e serralharias.
Os trabalhos contemplam ainda a reabilitação de acessos, fornecimento e colocação de caleiras de drenagem em betão armado, execução de obras de betão armado e betão ciclópico e de contenção e execução de trabalhos de drenagem.
A reabilitação e substituição de equipamentos da tomada de água, descarga de fundo e descarregador de cheias, bem como trabalhos em instalações elétricas, são outras das componentes da obra.
“Estas obras são necessárias, porque são infraestruturas com uma certa idade, mais de 60 anos, e necessitam de conservação e manutenção”, disse.
Integrada na bacia hidrográfica do rio Tejo, a barragem de Montargil foi projetada em 1954 e concluída quatro anos depois, em 1958.
A barragem tem uma capacidade total de 164.300 metros cúbicos e a área inundada abrange 1.646 hectares.
A albufeira constitui um dos principais “ativos turísticos” do concelho de Ponte de Sor, no Alto Alentejo, sendo também utilizada para a prática de desportos náuticos, pesca desportiva e atividades relacionadas com a natureza.