Linhas de Elvas
Nutriprado
Elióptica 2020 - 2
El Faro - Rebajas 2020
Nabeirauto Crossland
Jocriauto 012020
Nabeirauto Crossland
Sanielvas 358x90 - Nov17
Jocriauto 012020
Assine Já

Marvão integra projecto europeu para criar rede de vilas históricas inteligentes

A vila de Marvão, no Alto Alentejo, vai receber, em Março, um encontro de autarquias de vários países europeus integradas num projecto que prevê a criação de uma rede de vilas históricas inteligentes.

12 Fevereiro 2020

A vila de Marvão, no Alto Alentejo, vai receber, em Março, um encontro de autarquias de vários países europeus integradas num projecto que prevê a criação de uma rede de vilas históricas inteligentes.
O projecto, em que Marvão é o único representante português, reúne 40 municípios com menos de 10 mil habitantes, de oito países (Itália, Espanha, Croácia, Bélgica, Bulgária, Letónia, República da Macedónia e Portugal).
Cofinanciado pelo programa “Europe for Citizens” da União Europeia, o projecto "nasceu" para criar uma rede de vilas históricas inteligentes, através do envolvimento dos cidadãos na actividade económica, promoção de acções de compromisso social e definição de estratégias de desenvolvimento local, baseadas nas oportunidades oferecidas pelo património material e imaterial das vilas.
Promovido pela Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIMAA) em parceria com a Câmara de Marvão, no distrito de Portalegre, o quinto encontro do projecto EuSAVE (EU Citizens Action for Smart Historic Villages) vai decorrer entre os dias 25 e 27 de Março.
“É um projecto onde replicamos bons exemplos desenvolvidos entre todos", explicou hoje à agência Lusa o vereador do município de Marvão, Luís Costa, que vai apresentar no encontro as "boas práticas" em curso no concelho alentejano.
De acordo com o autarca, Marvão vai apresentar aos parceiros internacionais “o que de melhor se faz” no concelho, como o Festival Internacional de Música de Marvão, a candidatura em curso a Património Mundial, pela UNESCO, e o Festival Internacional de Cinema de Marvão.
“Vamos mostrar tudo o que fazemos de bom para dinamizar o concelho e a região”, sublinhou Luís Costa, indicando que o projeto, com a duração e dois anos, prevê o intercâmbio de ideias entre as autarquias envolvidas.
Marvão faz parte do projecto por “sugestão” do Concello de Vimianzo, na Galiza (Espanha).

HYT // MLM
Lusa