Coronavírus Covid-19
Linhas de Elvas
Elióptica 2020 - 5
El Faro - Abril 2020
CCDRA 4º Trimestre 2019
Linhas em sua casa
Linhas de Elvas
Jocriauto 012020
Nabeiroauto - Abril 2020
Sanielvas 358x90 - Nov17
Jocriauto 012020
Linhas de Elvas
Assine Já
Nabeiroauto - Abril 2020

Castelo de Vide

No Alto Alentejo já há uma barragem a fazer descargas

A Barragem de Póvoa e Meadas, em Castelo de Vide, atingiu cerca de 81 por cento da sua capacidade máxima, o equivalente a 15,7 milhões de metros cúbicos de água, mas já começou a fazer descargas.

06 Janeiro 2020 | Fonte: Rádio Portalegre

A Barragem de Póvoa e Meadas, em Castelo de Vide, atingiu cerca de 81 por cento da sua capacidade máxima, o equivalente a 15,7 milhões de metros cúbicos de água, mas já começou a fazer descargas.

Em declarações à Rádio Portalegre, o presidente da Câmara de Castelo de Vide, António Pita, explicou que para não se colocar em causa a estabilidade do centenário paredão, que apresenta um problema estrutural, não pode ser usada a capacidade máxima de armazenamento da albufeira que é de 19,3 milhões de metros cúbicos.

O autarca admitiu que se for ultrapassado o limite máximo de segurança pode se colocada em risco a estabilidade do paredão, mas garantiu “não haver razões para alarmismos”, uma vez que a situação está a ser devidamente controlada pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e pelo Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC).

A Barragem de Póvoa e Meadas garante o abastecimento público de água, desde meados de 2006, a oito dos quinze concelhos do Alto Alentejo, nomeadamente Alter do Chão, Avis, Crato, Fronteira, Gavião, Nisa, Ponte de Sor e Sousel.