alimentos de extremadura
Linhas de Elvas
Camelo Maio 2020
Bricoelvas
Elióptica 2020 - Proteja os olhos
Elióptica 2020 - Loja Online
El Faro - Campanha de Verão
Nabeirauto - Crossland X
Jocriauto 012020
Sanielvas 358x90 - Nov17
Nabeirauto - Crossland X
Jocriauto 012020

OE/2020: Novo hospital de Évora entre as seis novas unidades previstas

O Governo prevê investir mais de 100 milhões de euros no próximo ano em seis novos hospitais, projectando um investimento global de 950 milhões até 2023 na construção das novas unidades.

17 Dezembro 2019

O Governo prevê investir mais de 100 milhões de euros no próximo ano em seis novos hospitais, projectando um investimento global de 950 milhões até 2023 na construção das novas unidades.

Segundo a proposta de Orçamento do Estado para 2020 entregue na segunda-feira, está em curso “um investimento global de cerca de 950 milhões de euros direccionados à construção de novos centros hospitalares até 2023”.

Entre os novos hospitais cuja construção deve acontecer nos próximos quatro anos está o Pediátrico Integrado do São João, Lisboa Oriental, Seixal, Sintra, Alentejo e Madeira. O investimento total será de 950 milhões dos quais 102 milhões no próximo ano.

Na região do Alentejo, o início das obras do novo Hospital Central do Alentejo está previsto ocorrer até 2021, com um investimento que ascende a mais 150 milhões de euros.

A construção e apetrechamento do Hospital Pediátrico Integrado do São João, no Porto, já em execução, tem uma estimativa de investimento de 28 milhões de euros.
No caso do novo Hospital de Lisboa Oriental, a construção será em regime de parceria público-privada e o concurso está em fase de conclusão, com um custo estimado de 470 milhões de euros.

Ao investimento em novos hospitais junta-se a previsão de intervenções em 10 centros hospitalares, com um montante total de 91 milhões de euros entre 2019 e 2021.

“Por outro lado, dar-se-á continuidade ao Programa de Investimentos na Área da Saúde (PIAS), que inclui projectos de recuperação e melhoria das infraestruturas e equipamentos do sector da saúde. Estima-se que a implementação deste programa em 2020 envolva uma verba de cerca de 41,8 milhões de euros do Orçamento do Estado”, refere a proposta do Governo entregue no parlamento na segunda-feira à noite.

O plano de melhorias da resposta do Serviço Nacional de Saúde, para ampliação, equipamento informático ou médico, tem previsto um investimento de 179,3 milhões de euros em 2020, sendo que 101 milhões são financiados por fundos próprios.