Coronavírus Covid-19
Linhas de Elvas
El Faro - Primavera 2020
CCDRA 4º Trimestre 2019
Elióptica 2020 - 2
Nutriprado
Jocriauto 012020
Nabeirauto Corsa
Assine Já
Sanielvas 358x90 - Nov17
Jocriauto 012020
Nabeirauto Corsa

Orçamento Municipal de Portalegre chumbado e vereador pede demissão da presidente

O vereador do PSD na Câmara Municipal de Portalegre, Armando Varela exortou, hoje, a presidente da autarquia, Adelaide Teixeira, eleita pelo movimento CLIP, a demitir-se, na sequência do chumbo do Orçamento Municipal para 2020.

12 Dezembro 2019 | Fonte: Rádio Portalegre

O vereador do PSD na Câmara Municipal de Portalegre, Armando Varela exortou, hoje, a presidente da autarquia, Adelaide Teixeira, eleita pelo movimento CLIP, a demitir-se, na sequência do chumbo do Orçamento Municipal para 2020.
Para o social-democrata “quem aceita ser empossado sabe com o que tem que cumprir e, ou aceita essa função ou demite-se”.
Armando Varela diz que o orçamento, chumbado esta quarta-feira em reunião de Câmara, “é impossível”, por apresentar redução de despesa contra as regras de previsão orçamental.
O movimento independente CLIP, que gere a Câmara de Portalegre, apresentou, esta quarta-feira, uma proposta de revogação do orçamento camarário para 2020, aprovado na reunião do executivo realizada no dia 20 de Novembro.
A anterior proposta de orçamento municipal, no valor de 18,7 milhões de euros, foi aprovada com os votos do movimento CLIP e a abstenção do vereador do PSD. Votaram contra os eleitos do PS e da CDU.
Esta quarta-feira, o vereador Armando Varela mudou o seu sentido de voto, atitude que explica com o facto do novo documento apresentar uma “insuficiência orçamental” relativamente à iluminação pública e pela escassez de verba para as associações culturais.
A nova proposta de orçamento contou com dois votos favoráveis da presidente Adelaide Teixeira e do vice presidente João Nuno Cardoso (CLIP), foi chumbada com os votos contra do vereador Armando Varela (PSD); Correia da Luz (PS) e Luís Pargana (CDU). Artur Correia (PS) não marcou presença e Nuno Lacão (CLIP) também não esteve presente por se encontrar de licença de paternidade.

Fonte: Rádio Portalegre