Coronavírus Covid-19
Linhas de Elvas
El Faro - Campanha de Verão
Elióptica 2020 - Proteja os olhos
Elióptica 2020 - Loja Online
Bricoelvas
Camelo Maio 2020
Nabeirauto - Opel Mokka
Jocriauto 012020
Nabeirauto - Opel Mokka
Jocriauto 012020
Sanielvas 358x90 - Nov17

USNA/CGTP-IN recebida pelos deputados Ricardo Pinheiro e Luís Testa

A União dos Sindicatos do Norte Alentejano (USNA/CGTP-IN) solicitou uma reunião com o Grupo Parlamentar do Partido Socialista (PS) e foi recebida, na passada quinta-feira, dia 28 de Novembro, pelos deputados eleitos pelo circulo eleitoral de Portalegre, Ricardo Pinheiro e Luís Testa, na sala Tejo da Assembleia da República.

02 Dezembro 2019

A União dos Sindicatos do Norte Alentejano (USNA/CGTP-IN) solicitou uma reunião com o Grupo Parlamentar do Partido Socialista (PS) e foi recebida, na passada quinta-feira, dia 28 de Novembro, pelos deputados eleitos pelo circulo eleitoral de Portalegre, Ricardo Pinheiro e Luís Testa, na sala Tejo da Assembleia da República.
A USNA/CGTP-IN apresentou um dossier contendo os três eixos centrais da intervenção sindical junto dos trabalhadores do distrito de Portalegre: o combate à precariedade, o aumento geral dos salários e a negociação colectiva e a liberdade sindical.
“O dossier apresentado aos deputados continha exemplos concretos de locais de trabalho no distrito que se assumem como focos de precariedade, precariedade essa que não se resolveu nem se resolverá com as medidas previstas no Código de Trabalho que entrou em vigor no passado dia 1 de Outubro, mas sim com medidas concretas de fiscalização que é urgente reforçar e colocar em prática como propõe a CGTP-IN. Foram elencados ainda exemplos de bloqueio da negociação colectiva e de como estes conduziram à estagnação e à discrepância salarial, situações que reforçam a necessidade de revogar as normas da caducidade da contratação colectiva”, refere a USNA/CGTP-IN.
A documentação apresentada teve como objectivo “dar a conhecer aos deputados o crescente número de acções de constrangimento à liberdade sindical, perseguição e assédio laboral que têm lugar em locais de trabalho do nosso distrito, nos sectores privado mas também público, como é o caso do Município de Nisa”.
A USNA/CGTP-IN e os deputados tiveram ainda a oportunidade de discutir matérias relacionadas com a mobilidade dos trabalhadores do distrito e ainda com a necessidade urgente de investimento público em alguns sectores, como é o caso do Serviço Nacional de Saúde.