euroace jovenes periodistas
Linhas de Elvas
Nutriprado
Elióptica Julho 2019
CCDRA 3º Trimestre 2019
Liberdade Branco
Jocriauto
Sanielvas 358x90 - Nov17
Assine Já
Jocriauto
Liberdade Branco

Câmara de Sousel aumenta orçamento em 2020 para 8,4ME

O orçamento da Câmara de Sousel para 2020 é de 8,4 milhões de euros, superior em cerca de um milhão de euros ao deste ano, disse hoje à agência Lusa o presidente do município.

22 Novembro 2019

O orçamento da Câmara de Sousel para 2020 é de 8,4 milhões de euros, superior em cerca de um milhão de euros ao deste ano, disse hoje à agência Lusa o presidente do município.
“Este aumento deve-se à gestão que se tem vindo a fazer e conseguimos passar para o próximo ano uma quantia significativa que nos vai permitir dar resposta às obras que estamos a preparar”, disse Manuel Valério, que está a cumprir o primeiro mandato, eleito pelo PS.
O orçamento para 2020 foi aprovado por maioria, em reunião do executivo municipal, com quatro votos a favor da maioria PS e uma abstenção por parte da vereadora eleita pelo PSD.
Em termos de obras, a Câmara de Sousel prevê iniciar no próximo ano a requalificação do mercado municipal e arranjos exteriores, além de construir um parque de estacionamento, num investimento de 500 mil euros.
A autarquia tenciona ainda requalificar estradas em Sousel e na freguesia de Cano, enquanto na freguesia rural de Casa Branca vai proceder a obras no Largo Amâncio Canelas e no jardim.
A autarquia prepara-se também para lançar o concurso para a construção de uma ecopista, que ligará o concelho de Fronteira (Portalegre) ao concelho de Estremoz (Évora), numa extensão total de 22 quilómetros.
De acordo com o autarca, a obra está orçada em cerca de 430 mil euros, cabendo a Sousel, que fica situado entre os concelhos de Fronteira e Estremoz, a “maior fatia”.
“A obra é comparticipada em 90% por fundos comunitários, ao município de Fronteira cabe pagar sete mil euros e a nós 37 mil euros”, disse.
Em termos de impostos, a Câmara de Sousel, que não cobra Derrama, decidiu manter em 0,39% a taxa do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) para prédios urbanos e em 5% a taxa de participação do município no Imposto Sobre o Rendimento das Pessoas Singulares (IRS).
O orçamento vai ser votado no dia 27 deste mês em reunião de assembleia municipal, composta por 12 eleitos do PS, seis do PSD e um da CDU.