euroace jovenes periodistas
Linhas de Elvas
Nutriprado
CCDRA 3º Trimestre 2019
Elióptica Julho 2019
Liberdade Branco
Liberdade Branco
Sanielvas 358x90 - Nov17
Assine Já

Agricultura

Governo homologa seis projetos de regadio no Alentejo com 17,6ME de investimento

O gabinete do ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural explicou que os seis novos projetos homologados fazem parte do Programa Nacional de Regadios (PNRegadios).

27 Setembro 2019

Redação, 27 set 2019 (Lusa) – O ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, anunciou hoje a homologação de seis novos projetos de regadio no distrito de Beja, associados ao empreendimento do Alqueva, num investimento público global de 17,6 milhões de euros.
Em comunicado enviado à agência Lusa, o gabinete do ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural explicou que os seis novos projetos homologados fazem parte do Programa Nacional de Regadios (PNRegadios).
Três dos projetos em causa são o Bloco de Rega de Cuba-Odivelas, o Circuito Hidráulico e Bloco de Rega de Vidigueira e o Circuito Hidráulico e Bloco de Rega de São Bento (Serpa).
A 2.ª fase das estações elevatórias do Loureiro-Alvito e de S. Pedro (Beja) e o reforço da Estação Elevatória da margem direita de Pedrógão (Vidigueira) são os outros três projetos.
O ministério referiu também, no comunicado, que está em curso a 2.ª fase do PNRegadios, financiada pelo Estado através dos empréstimos negociados com o Banco Europeu de Investimento (BEI) e com o Banco de Desenvolvimento do Conselho da Europa (CEB), no montante de 280 milhões de euros, o que corresponde a “metade do valor global do programa, 560 milhões de euros”.
No âmbito desta 2.ª fase do PNRegadios, “até final de outubro, está aberto um concurso, no valor de 60 milhões de euros”, para financiar projetos situados no Litoral Norte e Centro, Interior Norte e Centro, Sudoeste Alentejano e Algarve.
“O nível de apoio a conceder, a fundo perdido, é de até 100% do valor de investimento”, explicou o gabinete do ministro, realçando que “serão valorizadas as infraestruturas de armazenamento já construídas e operacionais que tenham ou garantam a implementação de um regime de caudais ecológicos”.
Neste concurso, “são elegíveis despesas com estudos ligados à elaboração do projeto, expropriações e indemnizações decorrentes da implementação da obra e as obras de execução do projeto”, indicou.
Capoulas Santos visitou hoje o Perímetro de Rega de Veiros, no concelho de Estremoz, no distrito de Évora, círculo eleitoral pelo qual é cabeça-de-lista pelo PS nas eleições legislativas do próximo dia 06 de outubro.
A visita decorreu a convite da Associação de Beneficiários de Veiros, que celebra o seu 10.º aniversário.
“Trata-se de um empreendimento que beneficia agricultores dos concelhos de Estremoz e Monforte (Portalegre), que têm vindo a apostar em culturas permanentes, com destaque para a produção de amêndoa, noz e olival, e também em culturas anuais, como tomate e milho, entre outras”, constituindo “mais um caso de sucesso no que respeita ao regadio”, pode ler-se no comunicado.
RRL // MLM
Lusa/Fim