Linhas de Elvas
Elióptica Julho 2019
Nutriprado
Linhas Rádio 2019
Sanielvas 358x90 - Nov17
Assine Já

Portalegre

Touro bravo abatido após vaguear nas ruas de Reguengo

Os militares da GNR, em Portalegre, abateram um touro bravo, esta quarta-feira, na freguesia de Reguengo, no concelho de Portalegre, depois de provocar ferimentos numa pessoa e danos em explorações agrícolas.

04 Julho 2019 | Fonte: Rádio Portalegre

Os militares da GNR, em Portalegre, abateram um touro bravo, esta quarta-feira, na freguesia de Reguengo, no concelho de Portalegre, depois de provocar ferimentos numa pessoa e danos em explorações agrícolas.

A GNR explicou que a decisão foi tomada não só pela "agressividade", mas também devido ao "perigo de fuga", um dado que colocaria as populações em risco.

Marco Pina, citado pela Rádio Portalegre, explicou que a GNR recebeu, cerca das 20 horas de terça-feira, um alerta de um popular que viu um touro de lide a vaguear pelas ruas da localidade e que, inclusivamente, já teria provocado ferimentos numa pessoa. Efectivamente o episódio provocou ferimentos ligeiros numa pessoa que caiu quando fugia do touro que entrou no seu quintal.

Ainda terça-feira a GNR, como salienta à estação emissora, localizou o animal numa vinha, mas não o conseguiu capturar e o touro acabou por fugir. Apesar das diligências dos militares da GNR, só voltou a ser encontrado na manhã ontem numa exploração agrícola.

Não havendo forma de capturar o animal em segurança e para evitar o perigo de uma nova fuga, a GNR acabou por abater o touro.

O proprietário do touro deu consentimento ao abate, tendo o oficial da GNR acrescentado que o incidente provocou alguns danos, ainda não contabilizados, nomeadamente em cercas de terrenos agrícolas.