Linhas de Elvas
Neurofit
Talho Escarduça
Nutriprado
Elióptica Abril 2019
Linhas Rádio 2019
Liberdade Branco
Assine Já
Liberdade Branco

Conselho de Administração reage ao Movimento Cívico Por Elvas

Utentes da ULSNA "merecem respeito"

O Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano tomou hoje conhecimento, através dos órgãos de comunicação social sediados em Elvas, de uma tomada de posição pública do Movimento Cívico Por Elvas sobre algumas situações que ocorrem no Hospital de Santa Luzia, em Elvas.

07 Maio 2019

O Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano tomou hoje conhecimento, através dos órgãos de comunicação social sediados em Elvas, de uma tomada de posição pública do Movimento Cívico Por Elvas sobre algumas situações que ocorrem no Hospital de Santa Luzia, em Elvas.

"Porque os factos mencionados carecem uns de correcção, outros de explicação, e porque a população e utentes da ULSNA merecem respeito, entendemos do ponto de vista cívico e institucional referir que o Hospital de Santa Luzia está a “renascer” para um melhor e diferenciado serviço médico e social. As necessárias obras de adaptação que decorrem para instalação da Clínica de Alta Resolução obrigam a constrangimentos momentâneos, nomeadamente o “encerramento do bloco operatório durante um mês” (sic) e a “redução do número de camas de ortopedia e cirurgia” (sic). Seremos tão breves quanto as obras permitirem", pode ler-se no comunicado.

Por outro lado, a Clínica de Alta Resolução – unidade pioneira no País com um novo conceito de acessibilidade no SNS – terá igualmente um grande investimento em novos equipamentos de Imagiologia, nomeadamente RX,TAC, entre outros. Este investimento em curso, no valor de um milhão e meio de euros, é um significativo esforço financeiro da ULSNA, das autarquias envolvidas e do Coração Delta.

"Não é uma ficção! Está a acontecer! E os actuais e futuros profissionais da ULSNA sabem e saberão operacionalizar e dignificar esta unidade que está a nascer na cidade europeia de Elvas", refere o documento. "O facto dos utentes do Hospital de Santa Luzia terem de se deslocar, em determinadas circunstâncias, ao Hospital Dr. José Maria Grande (e sendo o contrário também verdade…) deve-se ao facto de as duas unidades de saúde serem complementares e incorporarem a Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano, entidade responsável pela gestão integrada e global dos serviços de saúde no distrito de Portalegre", explica o Conselho de Administração.

O Conselho de Administração da ULSNA refere ainda que "dias antes da referência pública feita à falta de pagamento a médicos contratados em prestação de serviços, já estava feita a transferência bancária depois de concluídos todos os aspectos legais e formais a que os processos contratuais nos obrigam.  A ULSNA é de contas certas e em dia, com tradição de ser transparente em todos os processos, tradição essa que nos honra como dirigentes".