Linhas de Elvas
Elióptica Julho 2019
Nutriprado
Linhas Rádio 2019
Assine Já
Sanielvas 358x90 - Nov17

Escolas do distrito recolhem mais de 12 toneladas de resíduos

Num contexto nacional, o distrito de Portalegre ocupa o 3º lugar no ranking do peso recolhido, com cerca de 13000 kg de resíduos.

12 Abril 2019

Já são conhecidos os resultados da 1ª fase da 11ª edição da Geração Depositrão. Só no primeiro período do ano lectivo já foram recolhidas mais de 133 toneladas de equipamentos eléctricos e electrónicos e pilhas em fim de vida, em todo o País.
Num contexto nacional, o distrito de Portalegre ocupa o 3º lugar no ranking do peso recolhido, com cerca de 13000 kg de resíduos, com destaque para a Escola Secundária de Ponte de Sor, que foi a escola com mais equipamentos e pilhas recolhidos no distrito. Segue-se o Centro Educativo Alice Nabeiro e a EB1/JI Vila Boim.
Neste momento, fazem parte do top 5 do ranking: a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (Lisboa), EBI/S Cardeal Costa Nunes (Região Autónoma dos Açores), Escola Secundária de Ponte de Sor (Distrito de Portalegre), EB23 Damião de Odemira (Distrito de Beja), com mais de 7000 kg; e o Centro Escolar de Alcobaça (Distrito de Leiria), que ultrapassou os 5500 kg de resíduos recolhidos.
Filipa Moita, responsável de comunicação da ERP Portugal, sublinha que “as escolas continuam empenhadas nesta recolha de pilhas e equipamentos eléctricos e electrónicos em fim de vida, garantindo o seu tratamento e reciclagem. Temos sentido um aumento sólido dos volumes recolhidos, bem como a forte adesão da população a este desafio, que concentra o esforço de escolas e entidades/empresas que participam nesta recolha. A Geração Depositrão continuará no terreno a mobilizar comportamentos e alertar a população para a necessidade e importância de deposição selectiva destes resíduos”.
A campanha continuará a funcionar até ao final do ano lectivo. A Geração Depositrão conta, em média, com o envolvimento de mais de 900 entidades, 420 mil alunos e cerca de 40 mil professores, com maior incidência nas escolas do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Esta campanha da ERP Portugal é implementada em parceria com a ABAE (Associação Bandeira Azul da Europa), através do Programa Eco-Escolas.