Linhas de Elvas
Neurofit
Talho Escarduça
Elióptica Abril 2019
Nutriprado
Linhas Rádio 2019
Liberdade Branco
Assine Já
Liberdade Branco

Alandroal reduz mais de um milhão de euros de endividamento em 2018

Presidente da Câmara informou que a autarquia vai manter "nível de zero pagamentos em atraso"

06 Março 2019

O Alandroal reduziu o endividamento em mais de um milhão de euros no ano passado. A informação foi dada pelo presidente da Câmara João Grilo, na última sessão da Assembleia Municipal.

“Os fundos disponíveis eram de 1 milhão e duzentos mil euros – mais 200 mil euros que em igual período do ano passado – e as disponibilidades da autarquia eram de 2 milhões e 300 mil euros, mais 300 mil euros que Janeiro último. No ano de 2018 o município entregou ao FAM (Fundo de Apoio Municipal) 256 mil euros de juros e 418 mil euros de amortização e reduziu o endividamento global em 1.072.633,40 euros, encerrando o ano com uma redução do endividamento de cerca de 600 mil euros acima do previsto no Plano de Assistência Municipal (PAM) para essa data”, indica a autarquia em comunicado.

O autarca informou também que o “município atingiu, e vai manter, o nível zero de pagamentos em atraso a fornecedores, valor que no final do mandato anterior se situava nos 70 mil euros, e que o município continuará a dar prioridade ao reforço da relação de confiança com todos os que lhe fornecem e prestam serviços”.


Para o presidente da autarquia, João Grilo, estes indicadores demonstram que o município está a honrar de forma escrupulosa os compromissos com a entidade credora (FAM), que monitoriza o plano de assistência negociado no mandato anterior, e procurar desmultiplicar ao máximo os recursos restantes para todas as necessidades do concelho. “Queremos manter-nos nesta trajetória de equilíbrio entre redução do endividamento e realização dos investimentos necessários para o desenvolvimento do concelho, mas é bom que se perceba o grande impacto negativo da herança do excesso de endividamento no dia-a-dia do nosso município, hoje e nos próximos anos. Se pudéssemos contar com este milhão de euros que abatemos em 2018, com certeza chegaríamos mais longe no investimento em desenvolvimento do concelho e no apoio às populações”, conclui o autarca.