Linhas de Elvas
Neurofit
Elióptica Abril 2019
Nutriprado
Talho Escarduça
Linhas Rádio 2019
Liberdade Branco
Assine Já
Liberdade Branco

Alentejo

Máquinas de apanha da azeitona estão a sugar pássaros aos milhares

Uma média de 6,4 aves mortas por hectare. Este é o número avançado pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas tendo por base uma fiscalização realizada a 25 cargas de azeitona colhidas em 75 hectares na zona de Avis.

24 Fevereiro 2019

Uma média de 6,4 aves mortas por hectare. Este é o número avançado pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas tendo por base uma fiscalização realizada a 25 cargas de azeitona colhidas em 75 hectares na zona de Avis.

Os pássaros morrem porque quando as máquinas de apanha começam a trabalhar à noite, durante o período de repouso das aves, o ruído e a iluminação dos aparelhos cegam os pássaros, que ficam incapazes de fugir e acabam por ser sugados em grande número.

Na Andaluzia, em Espanha, as autoridades já admitiram que poderão ter sido dizimadas "cerca de 2,6 milhões de aves".

O referido Instituto salienta, com base nos números analisados em Avis, que se for tido em conta os 15 mil hectares de olival superintensivo existentes poder-se-á concluir que a mortandade anual de aves atinge um número alarmante de 96 mil exemplares.