Linhas de Elvas
Nutriprado
Elióptica Julho 2019
Linhas Rádio 2019
Sanielvas 358x90 - Nov17
Assine Já

Costa rejeita que os alentejanos fiquem a ver "os comboios a passar"

A cerimónia que marcou o preto no branco na adjudicação pela Infraestruturas de Portugal (IP) da empreitada para a construção do novo troço Évora Norte/Freixo, o primeiro de três da ligação Évora Norte/Elvas, decorreu, esta manhã, na localidade de Redondo.

11 Fevereiro 2019

A cerimónia que marcou o preto no branco na adjudicação pela Infraestruturas de Portugal (IP) da empreitada para a construção do novo troço Évora Norte/Freixo, o primeiro de três da ligação Évora Norte/Elvas, decorreu, esta manhã, na localidade de Redondo.

No uso da palavra, o presidente da Câmara de Redondo, António Recto, vincou a necessidade de que o projecto possa contribuir para o desenvolvimento da região, alertando em seguida que se evite que os alentejanos fiquem a "ver passar os comboios". O primeiro-ministro, António Costa, considerou a linha como "fundamental para criar maior coesão interna" e que "não seja uma obra para que quem cá vive [região] fique, como disse o senhor presidente, a ver os comboios passar”.

A obra, inserida no âmbito do Corredor Internacional do Sul do programa Ferrovia 2020, que vai ligar o Porto de Sines à fronteira do Caia, em Elvas, tem um valor de 46,6 milhões de euros sendo o prazo de execução de 540 dias.