Linhas de Elvas
Neurofit
Elióptica Abril 2019
Nutriprado
Talho Escarduça
Linhas Rádio 2019
Liberdade Branco
Assine Já
Liberdade Branco

Município de Elvas dá voto de pesar pela morte de Bastinhas

Cavaleiro faleceu a 31 de Dezembro

09 Janeiro 2019

A Câmara Municipal de Elvas, aprovou por unanimidade, esta quarta-feira, 9 de Janeiro, em reunião camarária, um voto de pesar pela morte de Joaquim Bastinhas.

No documento pode ler-se que Bastinhas “teve uma carreira de cavaleiro tauromáquico durante 50 anos, 35 dos quais como profissional, em que os níveis de popularidade e aceitação do público estiveram sempre em plano muito elevado, sendo conhecido, no meio aficionado, como ‘o cavaleiro de Elvas’.

De resto, as cerimónias fúnebres que se seguiram à morte foram a mais clara demonstração de como Joaquim Bastinhas tinha o carinho, simpatia e apoio dos aficionados e do público em geral, tendo sido participadas por milhares de pessoas de vários pontos do país e de Espanha. Por outro lado, quando a Câmara Municipal de Elvas decidiu construir o Coliseu, Joaquim Bastinhas foi um grande entusiasta da funcionalidade tauromáquica do recinto multiusos elvense, colaborando com opiniões técnicas na construção e tendo doado trajes de cavaleiro para a decoração do salão VIP. Bastinhas não dispensou a actuação na inauguração do Coliseu e nas corridas da Feira de São Mateus, onde, em 22 de Setembro de 2018, toureou o último touro e cravou o último par de bandarilhas da sua vida”. A autarquia elvense, aprovou este voto de pesar considerando o que Joaquim Bastinhas “fez na sua brilhante carreira, pelo trato de simpatia e cordialidade que dispensou a inúmeros elvenses e pelo que representou como grande bandeira de Elvas no mundo do espectáculo”.