Linhas de Elvas
Talho Escarduça
Neurofit
Nutriprado
Elióptica Fevereiro 2019
Liberdade Branco
Linhas Rádio 2019
Liberdade Branco

Aprovação da Reprogramação do Programa Operacional Alentejo 2020

Comité de Acompanhamento esteve reunido em Rio Maior

14 Dezembro 2018

Roberto Grilo esteve reunido com várias entidades nacionais, regionais e membros da Comissão Europeia para a décima reunião do Comité de Acompanhamento do Alentejo 2020, que teve lugar em Rio Maior a 11 de Dezembro.
Roberto Grilo, que é dirigente deste comité, informou os membros da aprovação da Reprogramação do Programa Operacional, um processo longo e complexo que foi concluído com sucesso para a região e para o qual foi fundamental o envolvimento de todos os parceiros locais e regionais. Realçou o papel da Agência para o Desenvolvimento e Coesão, IP e dos serviços da Comissão Europeia, nomeadamente a Direcção-Geral de Política Regional e Urbana (DG REGIO) e a Direcção-Geral do Emprego, representados nesta reunião por Carole Blanchard , Sílvia Vincitorio e João Paiva.

Foi efectuado um ponto de situação da execução física e financeira do Programa Operacional tendo sido evidenciado o cumprimento das metas regulamentares da Comissão Europeia, a denominada regra n+3 que em caso de incumprimento implicaria a perda de verbas, bem como a metas, mais ambiciosas que as regulamentares, definidas pela Autoridade de Gestão para o ano de 2018 em matéria de execução.

Efectuaram uma análise a instrumentos associados às abordagens integradas de base territorial, os Investimentos Territoriais Integrados, implementados pelas Comunidades Intermunicipais, o instrumento DLBC- Desenvolvimento Local de Base Comunitário da responsabilidade dos Grupos de Acção Local e as Acções Integradas de Desenvolvimento Urbano liderados pelas Autoridades Urbanas.

Foi feita uma apresentação sobre a Informação, Comunicação e Notoriedade do ALENTEJO 2020.

Sobre este dois últimos ponto a Chefe de Unidade Portugal e Espanha da DG REGIO, Carole Mancel-Blanchard, informou que estas são matérias que terão uma maior relevância no próximo período de programação 2021-2027, como se pode verificar na proposta de regulamentos comunitários para o próximo Quadro Plurianual de Financiamento.

Foi ainda aprovada a alteração aos critérios de selecção das candidaturas dos recursos humanos altamente qualificados de modo a abranger o alargamento dos beneficiários decorrente da reprogramação.

Dos trabalhos deste Comité, concluiu-se que foi alcançado um ajustamento e adequação dos FUNDOS, em alinhamento com a Estratégia Regional, comprometida com resultados e afirmação da Região, no patamar nacional e internacional.