euroace
Linhas de Elvas
A Loja da Paula - 25 Anos
Elióptica Boas Festas
CCDRA
Nutriprado
Liberdade Branco
Liberdade Branco
Assine Já
Sanielvas 358x90 - Nov17

MACE apresenta ‘A Guerra como Modo de Ver’

Exposição tem inauguração marcada para 1 de Dezembro às 16 horas

28 Novembro 2018

O Museu de Arte Contemporânea de Elvas (MACE) inaugura no sábado, dia 1 de Dezembro (16 horas), a exposição ‘A Guerra como Modo de Ver’. A mostra reúne obras de 31 artistas representados na Colecção António Cachola, incluindo cinco novas aquisições, para observar a temática do conflito.

A exposição estabelece ‘guerra’ e ‘conflito’ como temas de continuidade com o mundo de hoje e as premissas do imaginário que propõe observar através da cultura visual, em particular através da arte contemporânea produzida por artistas portugueses.

De acordo com a curadora Ana Cristina Cachola a ‘Guerra como Modo de Ver’ reúne um conjunto de obras “que tratam a difusão e percepção de uma violência de largo espectro que permeiam toda a tessitura sócio-cultural. Sem esgotar o filão temático dos conflitos, está presente na exposição o imaginário, que através de uma cultura visual sempre sinestésica, representa e informa relações tensionais mais ou menos violentas, explicita ou implicitamente bélicas.

Desenho, fotografia, instalação e uma seleção alargada de trabalhos em vídeo vai ocupar todo o espaço do museu, incluindo o terraço, muralhas e fortificações.

A exposição conta com obras de Alice Geirinhas, Ana Rito, AnaMary Bilbao, António Júlio Duarte, António Neves Nobre, Augusto Alves da Silva, Carla Filipe, Catarina Dias, Daniel Barroca, De Almeida e Silva, Fernanda Fragateiro, Filipa César, Gabriel Abrantes, João Onofre, João Pedro Vale e Nuno Alexandre Ferreira, Luís Palma, Luísa Cunha, Mané Pacheco, Manuel Botelho, Maria Lusitano, Maria Trabulo, Marta Soares, Miguel Palma, Patrícia Garrido, Pedro Gomes, Pedro Neves Marques, Rui Serra, Rui Toscano, Salomé Lamas, Sara Bichão e Vera Mota.

A exposição está patente até 31 de Dezembro.