euroace
Linhas de Elvas
Elióptica Novembro
Loja da Paula
Nutriprado
Liberdade Branco
Assine Já
Sanielvas 358x90 - Nov17
Liberdade Branco

Operações de resgate em Borba com equipamentos espanhóis

Bombas de drenagem têm o triplo da capacidade do que aquelas usadas na quarta-feira

22 Novembro 2018

As operações de resgate das vítimas que caíram ao poço da pedreira, na segunda-feira, após o desabamento da estrada municipal 255 foram esta quinta-feira, 22 de Novembro, reforçadas com equipamentos da Marinha portuguesa e bombas de drenagem que vieram de Espanha.

A informação foi divulgada pelo primeiro-ministro António Costa em Valladolid (Espanha), onde decorre a 30º Cimeira luso-espanhola.

Estas bombas de drenagem espanholas têm o triplo da capacidade usadas pelas máquinas na quarta-feira.

O equipamento da Marinha vai permitir a equipas ter uma análise pormenorizada do fundo da pedreira e possível identificar uma das vítimas, disse José Ribeiro, comandante distrital de Operações de Socorro de Évora, no ponto de situação de quarta-feira.


António Costa apontou à ajuda “preciosa” do país vizinho num exemplo de cooperações entre os dois países.

De momento já foi possível retirar uma das vítimas do poço. O corpo pertencia a Gualdino Pita, trabalhador de uma das pedreiras situado junto ao troço que liga Borba a Vila Viçosa.

Uma segunda vítima já foi identificada. João Xavier de 58 anos era residente em Pardais (Vila Viçosa) e caiu, juntamente com Gualdino, quando estavam a manobrar a máquina retroescavadora arrastada ao poço.