euroace
Linhas de Elvas
Alimentos de Extremadura
Elióptica Novembro
Nutriprado
Bricoelvas
Liberdade Branco
Bricoelvas
Assine Já
Sanielvas 358x90 - Nov17
Liberdade Branco

Ministério da Agricultura confirma corte de azinheiras em herdade de Avis

A Herdade do Ramalho, em Avis, acusada de abater de cerca de mil azinheiras e sobreiros sem autorização, arrisca pagar uma multa que poderá atingir os 150 mil euros, enfrentar o embargo dos trabalhos e ser obrigada a repor a situação anterior.

08 Novembro 2018

A Herdade do Ramalho, em Avis, acusada de abater de cerca de mil azinheiras e sobreiros sem autorização, arrisca pagar uma multa que poderá atingir os 150 mil euros, enfrentar o embargo dos trabalhos e ser obrigada a repor a situação anterior.

“Na sequência da denúncia de operações de abate ilegal de cerca de mil azinheiras na Herdade do Ramalho, Avis, os serviços do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF) deslocaram-se ao terreno, tendo constatado que existiu, de facto, um corte de azinheiras/sobreiros sem a necessária autorização do ICNF, em área e número de árvores que está a ser contabilizada”, explica o Ministério da Agricultura em comunicado.

O mesmo documento acrescenta que, “por outro lado, foram detectadas mobilizações de solos, afectando o sistema radicular de azinheiras/sobreiros existentes, situação cujo levantamento integral está em curso”.

“A confirmarem-se os fatos, será aplicado o quadro sancionatório previsto na legislação de protecção da azinheira/sobreiro, que inclui contra-ordenações puníveis com coimas cujo valor poderá atingir os 150 mil euros, embargo de trabalhos e reposição da situação anterior”, conclui o Ministério da Agricultura, liderado por Capoulas Santos.