Coronavírus Covid-19
Linhas de Elvas
CCDRA 4º Trimestre 2019
Elióptica 2020 - 5
Linhas em sua casa
El Faro - Abril 2020
Nabeiroauto - Abril 2020
Jocriauto 012020
Linhas de Elvas
Linhas de Elvas
Jocriauto 012020
Nabeiroauto - Abril 2020
Assine Já
Sanielvas 358x90 - Nov17

Autarca de Vendas Novas candidata-se à Federação Distrital de Évora do PS

As eleições diretas para a federação do PS de Évora estão marcadas para 13 de março e Luís Dias é, até hoje, o único candidato anunciado à liderança da estrutura socialista.

15 Janeiro 2020

O presidente da Câmara de Vendas Novas, o socialista Luís Dias, vai candidatar-se à liderança da Federação Distrital de Évora do PS nas eleições diretas que se realizam a 13 de março, revelou hoje o próprio.
"Candidato-me pelo desafio que representa a assunção de um compromisso político destes, mais do que com o meu concelho, com a minha região, com o meu distrito e com o meu partido", afirmou o candidato, em declarações à agência Lusa.
Luís Dias notou que decidiu avançar porque encontrou "o momento certo de agarrar este novo desafio" e depois de receber, nos últimos meses, por parte "de muitos militantes este apoio e esta vontade de renovar o PS no distrito de Évora".
A Federação Distrital de Évora do PS é liderada pelo deputado Norberto Patinho, que cumpre o segundo mandato consecutivo no cargo e que também em declarações à Lusa disse que decidiu não se recandidatar e apoiar a candidatura de Luís Dias.
Técnico superior de Gestão de Informação, Luís Dias, de 36 anos, está a meio do segundo mandato na presidência da Câmara de Vendas Novas e é, atualmente, presidente da concelhia local do partido.
As eleições diretas para a federação do PS de Évora estão marcadas para 13 de março e Luís Dias é, até hoje, o único candidato anunciado à liderança da estrutura socialista.
Luís Dias realçou que pretende realizar "um trabalho de continuidade" na federação socialista, considerando que os dirigentes que estiveram nos últimos anos na liderança da estrutura alcançaram resultados "muito expressivos".
O também autarca socialista assinalou que, "valorizando o passado e percurso que foi feito ao longo destes últimos anos", a sua liderança pretende também "renovar o partido com ideias e pessoas novas".
O PS tem o maior número de câmaras no distrito de Évora, seis (Reguengos de Monsaraz, Viana do Alentejo, Vendas Novas, Mourão, Alandroal e Portel), à frente da CDU, que possui cinco (Évora, Montemor-o-Novo, Arraiolos, Mora e Vila Viçosa), enquanto os outros três municípios estão nas "mãos" de movimentos independentes (Redondo, Estremoz e Borba).