euroace
Linhas de Elvas
Elióptica Novembro
Nutriprado
Liberdade Branco
Bricoelvas
Assine Já
Bricoelvas
Sanielvas 358x90 - Nov17
Liberdade Branco

CTT obrigados a reduzir preços por falta de qualidade

Falhas no serviço ditam a queda em 0,085 pontos percentuais dos preços em vigor

25 Junho 2018

A Anacom decidiu e os CTT vão ser forçados a reduzir os preço em vigor para este ano, devido ao incumprimento de dois indicadores de qualidade do serviço.

Os novos preços serão, obrigatoriamente, implementados até 1 de Outubro e estarão em vigor durante um período mínimo de três meses.

Segundo o comunicado da Anacom, a "redução de preços decorre da aplicação do mecanismo de compensação, que tem lugar quando não são cumpridos os indicadores de qualidade do serviço postal universal. Está ainda previsto na lei que a redução de preços beneficiará a universalidade dos utilizadores daqueles serviços".
É o segundo ano consecutivo que os CTT falham alguns dos indicadores e, como tal, sofrem penalização. Em 2017 a Anacom contabiliza cerca de dois milhões de cartas do correio azul que demoraram mais de 1 dia útil a chegar ao destino. No caso do correio transfronteiriço intracomunitário esse número atinge os 4,5 milhões de cartas entregues fora do prazo.

fonte: Jornal de Negócios