euroace
Linhas de Elvas
Nutriprado
Elióptica Novembro
Bricoelvas
Liberdade Branco
Sanielvas 358x90 - Nov17
Bricoelvas
Assine Já
Liberdade Branco

Governo deixa Alentejo de fora do Programa Nacional de Investimentos 2030

Primeiro debate público marcado para esta terça-feira sem projectos alentejanos em cima da mesa

19 Junho 2018

O Governo inicia esta terça-feira uma discussão pública sobre o Programa Nacional de Investimentos 2030, de modo a definir as prioridades de investimentos infra-estruturais estratégicos de médio e longo prazo nos sectores da Mobilidade e Transportes, Ambiente e Energia.

No debate, que se prevê repetir por vários pontos do país, estão já em cima da mesa dezenas de projectos de investimento, metade dos quais ferroviários.

A linha de Cascais, o troço Braço de Prata - Chelas, a linha Espinho – Oliveira de Azeméis, a linha do Algarve e o troço Bombel – Poceirão, são algumas das áreas abordadas neste programa que, para já, deixa de fora o Alentejo e Douro.

Para além dos referidos anteriormente, outros projectos abordados pelo governo esta terça-feira dão sequência aos investimentos do Ferrovia 2020 (actualmente em curso), mas no caso do Alentejo e Douro, a continuidade dos investimentos do Ferrovia 2020 pode não estar assegurada.

Foram 40 os projectos escolhidos sendo que a modernização do pequeno troço entre Casa Branca e Beja ficou de fora, arriscando a viabilidade e continuidade do troço não electrificado.

No caso do Douro, o projecto de electrificação da linha entre a Régua e o Pocinho, bem como os estudos para a reabertura até à fronteira de Barca de Alva foram também, para já, descartados pelo actual executivo.

fonte:Público