Linhas de Elvas
Nutriprado
Elióptica Junho 2018
Linhas Rádio
Teatro Romano Mérida
Sanielvas 358x90 - Nov17
Bricoelvas
Sanielvas 358x90 - Nov17
Linhas Rádio
Assine Já
Bricoelvas
Américo Nunes
Teatro Romano Mérida

Escolas: Material cancerígeno substituído por "material cancerígeno"

Quercus refere que poliuretano está a ser utilizado em muitas escolas para substituir o amianto mas, para além de altamente volátil, "também é cancerígeno".

17 Janeiro 2018

O poliuretano, material de isolamento que está a ser utilizado em muitas escolas para substituir o amianto, “não só é altamente inflamável como tem componentes orgânicos voláteis que se vão libertando com a sua degradação e que são cancerígenas”, alertou em declarações ao PÚBLICO, Carmen Lima, coordenadora da Quercus - Associação Nacional de Conservação da Natureza.

Carmen Lima refere ainda que existem “soluções sustentáveis para substituir o amianto, que não comportam riscos(…)” acrescentando que, “tal como está a acontecer com as obras de remoção do amianto, as soluções de substituição adoptadas têm apenas um critério: ser as mais baratas possíveis”.

Depois de na anterior legislatura serem intervencionadas 300 escolas, actualmente estão em curso 86 operações de remoção.

Amianto é proibido desde 2005 mas ainda cobre 4263 edifícios públicos.