euroace
Linhas de Elvas
Elióptica Julho 2019
Nutriprado
Liberdade Branco
Assine Já
Sanielvas 358x90 - Nov17
Liberdade Branco

Portugal

Meteorologistas classificam mês de Setembro como "quente e seco"

O mês de Setembro classificou-se como quente em relação à temperatura do ar e seco em relação à precipitação, salienta o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

04 Outubro 2019

O mês de Setembro classificou-se como quente em relação à temperatura do ar e seco em relação à precipitação, salienta o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

Na primeira quinzena do mês de Setembro, considerando a média para Portugal continental, os valores de temperatura do ar foram, em regra, superiores ao valor médio, destacando-se os valores de temperatura máxima, no período de 1 a 8 que estiveram muito acima do normal.

O valor médio da temperatura média do ar em Portugal continental, 20.95 °C, foi superior ao valor normal em 0.72 °C. O valor médio da temperatura máxima do ar, 28.00 °C, foi 1.71 °C superior ao valor normal, sendo o 6º valor mais alto desde 2000. O valor médio da temperatura mínima do ar, 13.90 °C, foi 0.26 °C inferior ao valor normal. O valor médio da quantidade de precipitação em Setembro, 19.8 mm, corresponde a cerca de 47 % (-22.3 mm) do valor normal mensal.

No final do mês Setembro a região do interior Norte e Centro, a região de Vale do Tejo, a região do Alentejo e do Algarve continuam com valores de percentagem de água no solo iguais ou próximos ao ponto de emurchecimento permanente.

Na região do Minho verificou-se um ligeiro aumento dos valores de percentagem de água no solo em relação ao final de Agosto. De acordo com o índice PDSI, no final Setembro, mantém-se a situação de seca meteorológica, verificando-se um aumento da área em seca moderada nas regiões do Norte e Centro e uma diminuição da área em seca extrema na região Sul.

Deste modo, no final de Setembro, a distribuição percentual por classes do índice de seca no território é a seguinte: 15.4 % seca fraca; 48.4 % seca moderada; 32.7 % seca severa e 3.4 % seca extrema.