Linhas de Elvas
Elióptica Julho 2019
Nutriprado
Liberdade Branco
Assine Já
Liberdade Branco
Sanielvas 358x90 - Nov17

Meteorologia

Importante descida das temperaturas chegará à península nos próximos dias

A chegada de uma massa de ar visivelmente frio para a época irá deixar-nos uma diminuição térmica generalizada na maior parte do país vizinho na próxima semana, com quedas de mais de 10 graus

09 Setembro 2019

A chegada de uma massa de ar visivelmente frio para a época irá deixar-nos uma diminuição térmica generalizada na maior parte do país vizinho na próxima semana, com quedas de mais de 10 graus nos termómetros de alguns pontos da geografia espanhola.
Essa massa de ar frio, que agora cruza o Atlântico Norte, chegará rapidamente à península na noite de segunda a terça-feira (9 a 10 de setembro), com a entrada de uma frente do Cantábrico. Dessa forma, durante toda terça-feira choverá em várias regiões da metade peninsular do norte à medida que o ar frio penetra, diminuindo também o nível de neve.
De facto, é muito provável que a primeira queda de neve da temporada seja registada nas áreas média e alta das montanhas da Cantábria e, principalmente, nos Pirenéus. De acordo com as últimas previsões, 40 a 60 centímetros de neve podem acumular-se em áreas bem expostas à entrada do fluxo norte entre terça e quarta-feira.
No resto, a única coisa que notaríamos no início seria a passagem de alguns intervalos nublados sem consequências, mas com um arrefecimento progressivo varrendo de norte a sul, juntamente com rajadas de vento cada vez mais irritantes.
Há a destacar a possibilidade de tempestades muito fortes na Catalunha, nas Ilhas Baleares e em outros pontos da península oriental, nas margens do Mediterrâneo. Esse aspecto deve ser seguido com cuidado ao longo da situação, uma vez que tais chuvas representariam um perigo potencial para algumas áreas do nordeste peninsular diante da descarga de quantidades significativas de chuva em um curto período de tempo.


Calor volta ao final da semana


A queda de temperatura registaria sua extensão máxima no meio da semana, com valores bastante agradáveis ??para a primeira quinzena de setembro, uma vez que somente em áreas específicas do sul / sudeste serão atingidas máximas de 32-34ºC, enquanto no restante o o máximo seria em torno de 20, 25, 28ºC. Mesmo no planalto da Cantábria e do Norte, a nebulosidade faria com que os termómetros fossem limitados a apenas 16-18ºC.
Tudo isso também com mínimas mais frias em grande parte do interior da península, especialmente onde ainda não havia arrefecido muito durante a noite. Poderá ser um nascer do sol relativamente frio em muitas regiões da península norte-central, em torno de 6, 8, 10 ° C e entre 12, 14 ou 16 ° C no restante.
Espera-se, portanto, uma queda térmica óbvia nos próximos dias, que nos levará a temperaturas bem abaixo das esperadas para esta época do ano. Obviamente, parece que o calor não demorará muito a retornar mais tarde, no final da semana (meados do mês em diante) com uma possível nova recuperação séria dos termómetros, embora ainda seja cedo para confirmar tal previsão.


Fonte: meteoiberia