Linhas de Elvas
Nutriprado
Elióptica Julho 2019
Liberdade Branco
Assine Já
Sanielvas 358x90 - Nov17
Liberdade Branco

GNR em acções de sensibilização contra a violência

Observatório de Mulheres Assassinadas regista 9 homicídios em contexto de violência doméstica

11 Fevereiro 2019

Esta semana a GNR (Guarda Nacional Republicana) está a realizar várias acções de sensibilização relativas à violência.

Esta segunda-feira, 11 de Fevereiro, a temática é violência entre pares. Amanhã, é violência doméstica, na quarta-feira as acções estão direcionadas para a violência no desporto. Na quinta-feira é abordado a violência no namoro e na sexta-feira é abordado a violência contra idosos.

Segundo o Observatório de Mulheres Assassinadas, desde o início de 2019 nove mulheres foram assassinadas em contextos de violência doméstica.

Em 2018 registaram-se 28 mulheres assassinadas. O Observatório conta também mais de 500 mulheres mortas, em contexto de violência doméstica ou de género entre 2004 e 2018.

A GNR alerta que a violência pode ser exercida de várias formas – designadamente psicológica, física, emocional e sexual - tal como a negligência, o abandono ou a omissão de auxílio também são consideradas formas de violência.

A GNR considera mais preocupante as agressões físicas, os actos de vandalismo, o uso de armas, os furtos e roubos.

Estas acções de sensibilização manifestam-se através de contacto directo com pessoas em residências, espaços públicos e privados, sobretudo junto da comunidade escolar.

Com estas acções de sensibilização, a GNR pretende transmitir uma mensagem de preocupação face a tipo de criminalidade assim como comprometer-se a contribuir para a erradicar ou minimizar, criando um clima de confiança e de empatia na população e aumentando o sentimento de segurança.

Ontem, 10 de Fevereiro, em Lisboa, mais de 400 pessoas manifestaram-se silenciosamente contra as vítimas de violência doméstica. Os manifestantes marcharam do Marquês de Pombal até à Assembleia da República.