alimentos de extremadura
Linhas de Elvas
CCDRA
Nutriprado
Elióptica Boas Festas
A Loja da Paula - 25 Anos
Liberdade Branco
Assine Já
Liberdade Branco
Sanielvas 358x90 - Nov17

DGEstE ordena escolas a pagarem metade do valor das bolsas de mérito do 1º período

Restante dinheiro será entregue no final do ano lectivo. Escola D. Sancho II de Elvas refere que, para já, ainda não recebeu qualquer comunicado nesse sentido

30 Novembro 2018 | Fonte: DN

As escolas receberam ordem por parte da DGEstE para pagarem no primeiro período metade das bolsas de mérito ao que os alunos mais carenciados financeiramente têm direito.

Segundo a reportagem do DN desta sexta-feira, 30 de Novembro, a mensagem enviada por parte da DGEstE (Direção Geral de Estabelecimentos Escolares) atingiu de surpresa os directores das escolas, que não deu justificação para esta medida. A DGEstE salienta no entanto que o restante valor será entregue no próximo ano.

Estas bolsas de mérito são destinadas a alunos do ensino secundário com acção social escolar, que obtiveram média de 14 valores no ano lectivo anterior. As bolsas têm um valor de 1070 euros e por lei está previsto receberem 428 euros no primeiro período de aulas, que compreende entre os meses de Setembro a Dezembro. Com esta ordem estes alunos recebem em Dezembro somente 214 euros.

Ao DN Jorge Ascenção, presidente da Confederação Nacional das Associações de Pais, lamenta o corte de 50%, referindo ser um apoio essencial às famílias e aponta a medida como uma consequência da situação real do país, explicitando “que não é tão boa como fazem crer”.

O Ministério da Educação respondeu que o valor das bolsas é sempre pago em tranches, transferindo-se para as escolas e depois para as famílias, mas não explicou a razão de este ano existir um corte de 50% na primeira tranche.
Cerca de 18 mil alunos são abrangidos por estas bolsas de mérito que têm um investimento de mais de 19 milhões de euros no ano lectivo de 2018/19.

O 'Linhas' entrou em contacto com a direcção da Escola Secundária D. Sancho II de Elvas, relativamente a esta carta. A entidade escolar diz que ao momento ainda não recebeu qualquer indicação para pagar só metade do valor das bolsas de mérito do 1º período.

Mais desenvolvimentos na edição em papel