euroace
Linhas de Elvas
Elióptica Boas Festas
A Loja da Paula - 25 Anos
Nutriprado
CCDRA
Liberdade Branco
Assine Já
Liberdade Branco
Sanielvas 358x90 - Nov17

Portugueses confiam nas notícias

Estudo da Reuters revela Portugal no topo dos países que mais confiam nos conteúdos noticiosos

26 Setembro 2018 | Fonte: Renascença

Portugal é, igualmente com a Finlândia, o país onde mais se confia nas notícias. De acordo com a Reuters Digital News Report 62% dos inquiridos no país assume confiar nas notícias. Ainda assim, apesar de Portugal estar no topo da lista que envolve 37 países, há uma queda de 3,5% na confiança desde o ano de 2015. Quanto a conteúdos consumidos a confiança caiu de 71,3% em 2015 para 62,3% este ano.

Numa análise mais apurada verifica-se que o Correio da Manhã, a imprensa mais consumida pelos portugueses, mas também aquela que a população menos confia. Já a rádio Renascença é o órgão que os inquiridos mais confiam, mas não está entre as marcas mais consumidas.

De acordo com a própria Renascença, os portugueses mostram-se preocupados com a veracidade da informação na Internet. Portugal é, apenas atrás do Brasil, o país que mais se preocupa com a legitimidade de conteúdos na Internet.

O estudo também revela que os portugueses não pagam por notícias online. Apenas 8,6% dos inquiridos admitiu pagar por notícias online, menos 0,9% que em 2017. Tal como Canadá e Chile, Portugal é o país onde menos se paga por notícias em formato digital. Contudo Portugal também revela indícios cada vez mais baixos de compra de jornais. Uma quebra de 9% entre 2016 a 2018.

Para os inquiridos portugueses a televisão é o meio mais utilizado para ter notícias, utilizada em 55%.