Coronavírus Covid-19
Linhas de Elvas
Camelo Maio 2020
Bricoelvas
Elióptica 2020 - Loja Online
Elióptica 2020 - Proteja os olhos
El Faro - Campanha de Verão
Nabeirauto - Crossland X
Jocriauto 012020
Sanielvas 358x90 - Nov17
Nabeirauto - Crossland X
Jocriauto 012020

Almaraz: Movimento Ibérico Antinuclear poderá avançar com queixa à Comissão Europeia

O Movimento Ibérico Antinuclear entregou uma carta com exigências ao Governo Espanhol e caso não seja realizada uma Avaliação de Impacte Ambiental Transfronteiriça vai avançar com queixa à Comissão Europeia.

26 Julho 2020

O Movimento Ibérico Antinuclear entregou uma carta com exigências ao Governo Espanhol e caso não seja realizada uma Avaliação de Impacte Ambiental Transfronteiriça vai avançar com queixa à Comissão Europeia.

"No sentido de acautelar a segurança do Ambiente e das populações de ambos os lados da fronteira, o MIA entregou recentemente uma carta ao Governo Espanhol, dando conta de todos os problemas e riscos de segurança que a Central Nuclear de Almaraz apresenta, da falta de participação e de debate sobre a extensão do seu funcionamento e da sua total oposição ao prolongamento do funcionamento da Central Nuclear de Almaraz até 2028", pode ler-se no comunicado do movimento.

Recorde-se que no passado mês de Abril, o Conselho de Segurança Nuclear (CSN) espanhol emitiu um parecer em que autoriza o prolongamento do funcionamento da Central Nuclear de Almaraz, em Espanha, até Outubro de 2028, impondo algumas condições ao seu funcionamento.

A Central Nuclear de Almaraz está, actualmente, muito perto de atingir os 40 anos de idade e já deveria ter encerrado em 2010, com perto de 30 anos de funcionamento, e quando as condições de segurança já o exigiam.

O que é o MIA?

O MIA é um movimento composto por colectivos ambientalistas e instituições de Portugal e de todo o Estado Espanhol. Em Portugal integra cerca de 30 colectivos.