Linhas de Elvas
Elióptica Julho 2019
Nutriprado
Linhas Rádio 2019
Sanielvas 358x90 - Nov17
Assine Já

Extremadura

Diputación de Badajoz com cinco projectos transfronteiriços aprovados

Foram cinco os investimentos transfronteiriços aprovados, no valor de 1,67 milhões de euros, dos quais 1,25 milhões correspondem a fundos europeus, em benefício da Diputación de Badajoz, na segunda convocatório do Programa Operativo de Cooperação Transfronteiriça Interreg V-A Espanha-Portugal 2014-2020.

13 Maio 2019

Foram cinco os investimentos transfronteiriços aprovados, no valor de 1,67 milhões de euros, dos quais 1,25 milhões correspondem a fundos europeus, em benefício da Diputación de Badajoz, na segunda convocatório do Programa Operativo de Cooperação Transfronteiriça Interreg V-A Espanha-Portugal 2014-2020.

"Caminos", "Globaltur-Euroace", "Eurobird", "Localcir" e "Biotrans" são os projectos em causa, sendo os dois primeiros liderados pela Diputación, como principal beneficiado através da Área de Desenvolvimento Local, e nos três restantes com participação como parceiro.

Nesta segunda convocatória foram apresentadas 295 candidaturas, com 96 aprovadas, com uma atribuição total de mais de 84 milhões de euros em ajudas FEDER.

Para o projecto "Globaltur-Euroace", que pretende fomentar o desenvolvimento económico das zonas rurais através do turismo e revalorizar o seu património histórico, cultural e natural, a Diputación conta com um orçamento de 613.919 euros.

O objectivo do projecto "Caminos" é trabalhar na melhoria dos caminhos de Santiago do Oeste peninsular e potencializar o seu carácter transfronteiriço, contribuindo para o desenvolvimento sustentável dos territórios envolvidos. A Diputación de Badajoz conta com um orçamento de 300 mil euros para este projecto, para o qual, como no anterior, se conta com diversas instituições parceiras.

O projecto "Eurobird" promove a conservação, protecção e promoção do património natural e cultural do território "eurobird" da Extremadura e do Alentejo.

Quanto ao projecto "Localcir", liderado pela Junta, ao qual a Diputación destina 285 mil euros, procura-se o empreendedorismo e a inovação das empresas em economia verde e circular, fomentando novos produtos e processos baseados na sustentabilidade local para melhorar a competitividade das empresas rurais.

O projecto "Biotrans", liderado também pelo executivo autónomo, tem como objectivo a gestão integrada da biodiversidade no Centro-Alentejo-Extremadura através da implementação de diferentes acções. O orçamento neste caso é de 349.396 euros.