Linhas de Elvas
Elióptica Natal 2019
Nutriprado
CCDRA 3º Trimestre 2019
Liberdade Branco
Jocriauto
Sanielvas 358x90 - Nov17
Assine Já
Jocriauto
Liberdade Branco

Vila Viçosa

Primavera chegou ao Narcissus

Com a chegada da Primavera, chegou também a nova carta ao restaurante Narcissus Ferdinandesii, do Mármoris Hotel & Spa, em Vila Viçosa.

01 Abril 2019

Com a chegada da Primavera, chegou também a nova carta ao restaurante Narcissus Ferdinandesii, do Mármoris Hotel & Spa, em Vila Viçosa.
Pedro Mendes, o chef do Narcissus, baseou-se nas receitas tradicionais para introduzir a sua nova ementa, muito à base de silarcas, acelgas, espargos trigueiros, algas, ostras e berbigão, novidades que se juntam aos pezinhos de coentrada, a receita aclamada pela crítica que, por isso mesmo, continua neste cardápio tal como a “Laranjeira de Vila Viçosa”, uma sobremesa composta por sete texturas de laranja.

Foi no passado dia 21 de Março que a genuína mesa do Narcissus, elaborada em vidro e inox apoiado na cabeça de uma rocha de mármore, se encheu de jornalistas oriundos de todo o mundo para degustarem uma sequência digna de um jantar presidencial.
Sempre acompanhados de vinhos da região Alentejo, onde se incluiu um Torre de Frade Viognier de 2016, Pedro Mendes deu as “boas vindas ao Alentejo” com um prato à base de farinheira, espargos, silarcas, bolota e ovo para, seguidamente, brindar os comensais com uma mescla verde de acelgas com bivalves da nossa costa - ostras e berbigão.
Os Pezinhos de coentrada chegaram à mesa dentro de uma cebola inteira sobre uma cama de palha. Se a vista comeu, imagine-se o que sentiu o palato.
No intermédio, a equipa, vestida a rigor, do restaurante da família Alves, o pai António e a filha Susete, serviu um pequeno 'lava boca' de almace, flor de laranjeira, maçã e poejo, um fresco interlúdio que preparou os sentidos para um Linguini com ovas de robalo fresco. Na carta disponível o Linguini pode ser, em alternativa, acompanhado por bacalhau.
Mas o mar português voltou a 'sentar-se' à mesa, desta vez através de um pedaço de robalo envolto em funcho, espuma de algas em molho de limão. Foi nesta iguaria que se degustou a 'pomada' produzido pela família Carpinteiro Albino na herdade de Torre do Frade, um Viognier com 5 meses de estágio em barrica de carvalho francês.
Ainda antes de um pequeno 'botão' de Bolota e Gengibre nos introduzir o tal misto composto por sete sabores diferentes de laranja do concelho, ainda houve espaço para apreciar a Língua de vacas alentejanas estufada em Petit Verdot, acompanhada por batata agra (cozida ao sal), favas e toucinho.
Não perca. Este cardápio dos Deuses está já ali, ao voltar da esquina, no Narcissus Ferdinandesii, o restaurante do Mármoris Hotel & Spa, em Vila Viçosa.