Linhas de Elvas
Elióptica - Cuidamos da sua visão
Nutriprado
Linhas Rádio
Linhas PDF

Roadshow Escolas Solidárias Fundação EDP em Portalegre

A Escola Secundária Mouzinho da Silveira, em Portalegre, recebe no próximo dia 10 de Novembro, pelas 15:30h, o roadshow Escolas Solidárias Fundação EDP.

03 Novembro 2017

A Escola Secundária Mouzinho da Silveira, em Portalegre, recebe no próximo dia 10 de Novembro, pelas 15:30h, o roadshow Escolas Solidárias Fundação EDP.

Estes encontros têm como objectivo aprofundar o conhecimento das escolas sobre o programa e promover a inscrição das mesmas na nova edição.

Neste dia, a comunidade escolar será desfiada a reflectir sobre o tema ‘Derrubar barreiras: como podes combater preconceitos’: como podemos motivar e ensinar a quebrar o ciclo de vícios de vida pobre, de preconceitos estagnantes feitos por... todos? Será também debatida a relação entre voluntariado e escolas.

A apresentação do programa Escolas Solidárias será feita por Margarida Pinto Correia, directora de Inovação Social da Fundação EDP e o tema será abordado pelo professor Eugénio Fonseca, da Cáritas/Confederação Portuguesa do Voluntariado, assim como pelos actores Pedro Lima e Heitor Lourenço, estes últimos patronos do programa Escolas Solidárias.

Escolas Solidárias é um programa da Fundação EDP que promove a cidadania activa e a solidariedade, incentivando professores e alunos a serem agentes de mudança positiva e a contribuir para a melhoria das comunidades onde estão inseridos.

O programa, que vai agora para a sua 8ª edição, pretende envolver todas escolas públicas e privadas do país, desde o 2.º Ciclo ao Ensino Secundário e, por isso, vai dar início ao roadshow de norte a sul de Portugal. Na última edição do Escolas Solidárias Fundação EDP, no ano lectivo de 2016/2017, participaram 433 escolas, públicas e privadas. Foram desenvolvidos projectos que envolveram a participação de mais de 40 mil alunos e professores, e representaram um investimento de cerca de três milhões de horas em acções de solidariedade que ajudaram a melhorar as condições de vida de mais de 245 mil pessoas.

Criado em 2010, este programa mobiliza anualmente dezenas de milhares de alunos e professores de escolas de todo o País e conta com o apoio de numerosas personalidades como Catarina Furtado, Pedro Lima, Cláudia Semedo, Fernanda Freitas, Eunice Munõz e André Sardet, entre outros.