acerca otoño 2
Linhas de Elvas
Elióptica - Cuidamos da sua visão
Nutriprado
Sanielvas 358x90
Linhas PDF

Autárquicas 2017/Elvas: PS ouve preocupações na área da agricultura

A candidatura do Partido Socialista em Elvas, encabeçada por Nuno Mocinha, iniciou um conjunto de sessões temáticas.

22 Agosto 2017

A candidatura do Partido Socialista em Elvas, encabeçada por Nuno Mocinha, iniciou um conjunto de sessões temáticas com vista à elaboração das propostas para o programa eleitoral, nos diferentes sectores de actividade.
No final deste encontro, em conferência de imprensa esta segunda-feira, dia 22, Nuno Mocinha, candidato à presidência da Câmara Municipal de Elvas, referiu que a “candidatura está a ouvir as diferentes organizações dos diferentes sectores de actividade. Hoje reunimos com o sector da agricultura e aquilo que nos foi transmitido foram as suas preocupações com o sector, que obviamente vão ser vertidas no programa eleitoral do Partido Socialista”.
Neste encontro de trabalho estiveram presentes representantes das organizações da agricultura de sequeiro, regadio e produtores de gado.
Assim sendo, adiantou que as preocupações das organizações deste sector passam “por fazer chegar a quem de direito e a trabalharmos em conjunto para as resolver” esses temas, acrescentando que “muitas passam por decisões que não cabem à Câmara Municipal, mas a instâncias superiores como seja a CCDR ou os diferentes ministérios que envolvem a problemática da agricultura e do ambiente. A grande preocupação tem a ver com a gestão da água, uma gestão eficiente nos perímetros, tantos nos públicos como nos privados. É urgente adaptar-se o que são os nossos perímetros de rega, àquilo que é não só uma maior eficiência na distribuição, mas também às novas culturas emergentes, que neste momento estão a decorrer, e que são o nosso futuro”, explicou o candidato socialista.
Nuno Mocinha, adiantou ainda que, no futuro “também nos temos que ir preparando para aquilo que são as alterações climáticas”, nomeadamente preparando-nos para “tomar todas as medidas que sejam possíveis para minimizar os impactos negativos que essas alterações poderão provocar”, concluiu.
O próximo encontro de trabalho decorre na quarta-feira, dia 23, abordando o tema da saúde e reunindo responsáveis desta área.