Linhas de Elvas
Nutriprado
Sanielvas 358x90
Sanielvas 358x90

Autárquicas 2017/Elvas: Candidatura Independente Rondão Almeida – Elvas Nosso Partido entregou listas no Tribunal

O Movimento Cívico Independente Rondão Almeida – Elvas Nosso Partido entregou na manhã de quarta-feira, 2 de Agosto, as listas às eleições Autárquicas de 1 de Outubro.

03 Agosto 2017

O Movimento Cívico Independente Rondão Almeida – Elvas Nosso Partido entregou na manhã de quarta-feira, 2 de Agosto, as listas às eleições Autárquicas de 1 de Outubro.

A entrega, no Tribunal de Elvas, contou com a presença de vários apoiantes, dos cabeças de lista aos diferentes órgãos autárquicos, assim como do mandatário da candidatura, Coronel Amândio da Silva.

Rondão Almeida, cabeça de lista à Câmara Municipal de Elvas (CME), dirigiu umas palavras repletas de emoção num dia de extrema importância: “O movimento Rondão Almeida - Elvas Nosso Partido acabou de apresentar as nossas listas e simultaneamente acabámos também por definir uma estratégia de trabalho e de responsabilidade em relação ao futuro.

Uma das grandes prioridades será a pensar naqueles que mais necessitam. Começando pelas crianças. Podemos garantir a todos os pais que tenham filhos no primeiro ciclo, que no caso do movimento ganhar as eleições à CME, o ensino será completamente gratuito, o que quer dizer que se por um lado, o estado está a pagar os manuais, então a câmara irá pagar os cadernos e todo o material escolar bem como as refeições. Independentemente do poder económico de cada agregado familiar.

Por outro lado assumimos também a responsabilidade para com os jovens e para com as pessoas que trabalham na vida activa. Isto quer dizer que uma das nossas principais preocupações, é de facto o emprego, mas na falta deste emprego a CME tem de remodelar por completo os programas sociais para apoiar quem esteja efectivamente no desemprego. Por isso iremos reformular o programa do OMTJ, que irá passar de 250€ para 400€, acabar com o programa da escravatura. Deixar evidentemente de ter pessoas com 40, 50 anos de idade a ganhar apenas 250€ por mês.

Mas não esquecemos de maneira nenhuma os seniores, temos consciência do muito que trabalharam e das fracas reformas que neste momento têm direito.

E por isso iremos alargar os apoios sociais a este escalão etário, e obviamente não é dando fatos de treino, é procurando os apoios no sentido de atenuar a pobreza que essas famílias passam.

E se até este momento tivemos o cuidado de proporcionar os medicamentos para que não falte o tratamento a qualquer pessoas, pois de futuro iremos também ter a preocupação no apoio à renda da casa, no apoio da electricidade, no apoio da água.

A nossa maior preocupação é permitir que as pessoas vivam com dignidade, é da responsabilidade do poder político local, acudir aqueles que mais necessitam. Esse é um compromisso do movimento Rondão Almeida - Elvas Nosso Partido pelo qual dou a cara, como sempre fiz. Rondão Almeida sempre trabalhou a pensar em Elvas e especialmente a pensar nos que mais necessitam”.

José Bagorro, cabeça de lista à Assembleia Municipal, fez questão de reforçar a importância do momento: “Hoje é um dia muito importante para Elvas e para os Elvenses, porque trata-se do culminar um processo que custou bastante a ser conseguido, ou seja, reunir uma quantidade de Elvenses que apenas têm no seu objectivo defender os interesses de Elvas e defender os interesses dos Elvenses. Apresentamos ao eleitorado com tudo aquilo que já constituiu o nosso passado em termos de obra feita, e esse é um valor inestimável que Elvas tem e é um valor inestimável que os Elvenses não podem esquecer. Fizemos no passado, construímos Elvas praticamente desde as suas raízes e hoje em dia Elvas necessita de dar mais passos em frente, porque ainda há muito trabalho a fazer. Por isso, um grupo de pessoas, independentemente das suas ideologias políticas constituem este grupo que se apresenta aos Elvenses para merecer a sua confiança. Estamos certos que a vemos merecer, porque estamos de alma e coração na defesa de Elvas e dos Elvenses”.

O mandatário Coronel Amândio da Silva referiu que “nos termos da Lei Eleitoral viemos hoje [quarta-feira] ao Tribunal de Elvas apresentar os candidatados aos Órgãos Autárquicos para as eleições de Outubro. São homens e mulheres independentes de ideologias politicas, capazes de continuar o trabalho notável que o nosso cabeça de lista à CME, Rondão Almeida começou há vinte aos e que agora voltamos a apresentar aos eleitores, com a redobrada confiança".