acerca otoño 2
Linhas de Elvas
Elióptica - Cuidamos da sua visão
Nutriprado
Sanielvas 358x90
Linhas PDF

Quinta de São João acolheu 2º Acampamento Regional Sul

O 2º Acampamento Regional Sul realizou-se entre os dias 3 e 9 de Julho, na Quinta de São João, em São Vicente, Elvas.

31 Julho 2017

Na semana de 3 a 9 de Julho de 2017 realizou-se mais um Acampamento Regional Sul, desta vez, na já famosa Quinta de S. João, em S. Vicente, Elvas, onde estiveram presentes os Centros de Torres Vedras e Elvas, num total, de 25 monitendos e 9 animadores.

Este ano também quisemos celebrar o centenário das aparições de Fátima e, deste modo, o tema do campo foi “Nada sem Ti, Nada sem nós!” numa analogia onde tentámos fazer com que Maria não fosse esquecida e chegasse a todos os jovens de uma forma simples :”Nada sem Ti, Maria, e nada sem nós para levar o teu Amor” sendo nós, “apóstolos no próprio ambiente”.
Embora as atividades de cada dia fossem diferentes, a estrutura dos mesmos foi idêntica: exercício matinal para despertar e melhor acordar, seguido de pequeno-almoço para nos dar forças para enfrentarmos o dia. Depois de estarmos de barriga cheia, chegava um dos momentos mais importantes, a oração da manhã que nos ajudava, não só, a prepararmos as atividades que se iriam realizar durante o dia, como também, a conhecermos melhor Maria e o seu Filho Jesus. Por fim, o dia terminava com as Boas Noites a Maria, com momentos de partilha, oração, silêncio e música.
Com umas remelas à mistura, começávamos os nossos dias com uma corridinha matinal pela Quinta, de forma a aquecermos para as atividades que se seguiam (que foram algumas) entre as quais, aulas de judo, quizomba, danças latinas, sevilhanas, entre outras. Aqui foram descobertos verdadeiros talentos!!!
Cappucino Cremoso” para os monitores e cereais com chocolate para os miúdos, assim eram os pequenos-almoços, não esquecendo o bom do pão alentejano com manteiga. Já agora, MUITO OBRIGADA D. Catarina por nos ter preparado, com tanto amor, uma ementa que nos deliciou.
“Mary&Me” momentos M&M eram um dos nossos preferidos. Foi assim que intitulámos as nossas orações da manhã e onde, cada um, construiu um terço com “nós” num fio para assim podermos rezar um mistério por dia, e terminarmos o campo com um terço rezado.
PARAR: esquecermo-nos um pouco dos afazeres do dia-a-dia e entregarmo-nos ao campo, aos outros e Jesus, através de Maria.
REZAR: Foi feito de forma simples e muito pessoal, com textos bíblicos onde a figura de Maria era a personagem principal, e onde também não esquecemos a nossa Mestra Santa Teresa, quando esta pediu a Nossa Senhora para ser sua mãe. Também nós, ao longo do campo, pedimos para nos acompanhar através do céu.
CONHECER: primeiro, nós próprios, em segundo os outros que nos rodeiam e, em terceiro a figura que guiou e uniu este campo: MARIA, como Senhora do SIM, da coragem, da força, da entrega…
Aqui foram descobertas diferentes maneiras de orar!!!
Ao longo do campo não faltaram os já habituais momentos de diversão, alegria e em equipa. O tanque para nos refrescarmos, o futebol humano com tintas para nos sujarmos (há quem diga “é bom sujar-se”), a guerra de balões de água para nos cansarmos, a caminhada e o fotopapper em São Vicente, onde ficámos a conhecer melhor esta vila e os seus simpáticos habitantes, e para acabar em grande o arraial dos santos populares, com a presença de um cantor bastante famoso (famoso aqui para nós… o querido Nuno Dragão). Aqui foram descobertos grandes atletas e onde reinou o espírito de equipa!!!
Apesar de não ter correspondido totalmente às nossas expectativas, pois era um grupo bastante exigente e que exigiu de nós dar mais que o máximo (e que, por vezes, não foi suficiente) esperamos que os laços de amizade que se criaram sejam duradouros, fortes e que o valor do respeito pelos outros passe a fazer parte da rotina daqueles que por lá passaram. Por último, esperamos que continuem a fazer crescer mais e mais esta família que é o MTA. Até à próxima!!

Em nome das monitoras do Campo:
Ana Moreira e Mariana Mendes

Nota final: Parabéns à directora do Campo (Rita Baptista) e a todas as monitoras e monitores: Ana Moreira, Mariana Mendes, Rita Malpique, Beatriz Bernardes (de Torres Vedras) Lucas Sequeira, Manuel Viana e João Maria.
Sou testemunha de que deram o máximo dos máximos para que todos os participantes tivessem uma semana cheia de alegria e inesquecível. Um dia a semente lançada vai germinar, acreditem. O Senhor, que vê no silêncio vos dará a recompensa.
Obrigada a tantos outros (em especial ao Dr. Vasco) que ajudaram
De muitas e variadas maneiras.

Irmã Maria de Fátima Magalhães stj