Linhas de Elvas
Nutriprado
Sanielvas 358x90
Intermarché
Sanielvas 358x90
Intermarché

Flores de papel expostas em Paris

Centenas de cravos elaborados pelos campomaiorenses integram uma exposição no Théâtre de la Ville, a qual vai estar patente até 24 de Maio.

06 Maio 2017

As flores de papel de Campo Maior marcam presença na exposição “Revolução e Democracia: Recordar os Cravos”, inaugurada no passado dia 2 de Maio, no Espace Cardin do Théâtre de la Ville, em Paris.
Esta é uma iniciativa do Museu do Aljube/Egeac, que, após o convite da organização francesa, apostou numa intervenção sobre o legado da Revolução dos Cravos para inaugurar o Festival Chantiers d'Europe.
Numa altura em que o futuro da Europa está em jogo, esta 8ª edição do Construir a Europa começa com uma perspectiva sobre a Revolução dos Cravos, que em 25 de Abril de 1974 terminou a mais longa ditadura da Europa. Quarenta anos mais tarde é necessário recordar os valores da revolução (a liberdade, a democracia, a solidariedade e a justiça social) e continuar a defendê-los.
A mostra, que estará patente ao público até dia 24 de Maio, conta com a presença de cartazes do período revolucionário, documentários, fotos, depoimentos e centenas de cravos de papel feitos pelas mãos hábeis dos campomaiorenses.
O Município de Campo Maior “congratula-se por mais esta prova da universalidade da arte de fazer flores de papel dos campomaiorenses e pelo impacto e reconhecimento que as mesmas têm um pouco por todo o mundo”.