Linhas de Elvas
Nutriprado
Alentejo 2020 - Projectos aprovados
Sanielvas 358x90
Sanielvas 358x90

Sistema de Incentivos ao Emprego e Empreendedorismo apresentado na CCDRA

Auditório da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo acolheu sessão presidida pelo primeiro-ministro António Costa.

16 Março 2017

Em sessão presidida pelo primeiro-ministro António Costa, foi apresentado, no auditório da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo, o Sistema de Incentivos ao Emprego e Empreendedorismo: SI2E.
A cerimónia foi aberta pelo presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto de Sá, que deu as boas-vindas aos convidados presentes.
Maria João Botelho, presidente da Federação Minha Terra, congratulou-se por esta iniciativa, no âmbito do Investimento nas Economias Locais para a Coesão Territorial e o Emprego.
A apresentação foi feita pelo secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão, Nelson de Souza, que destacou o papel dos Grupos de Acção Local (GAL) e das Comunidades Intermunicipais (CIM) na gestão e operacionalização destes apoios ao empreendedorismo e à criação de emprego com o envolvimento dos Programas Operacionais Regionais.
Em mesa redonda, moderada pela presidente da Unidade de Missão para a Valorização do Interior, Helena Freitas, intervieram Aura Fraga, presidente da Entidade Gestora e Coordenadora do GAL Rural ADERE 2020 Associação Vicentina, João Ataíde, presidente da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, e Roberto Pereira Grilo, presidente da CCDR Alentejo e do Programa Operacional do Alentejo, que falaram sobre os apoios de proximidade, a valorização do interior, a coesão territorial, o empreendedorismo e a criação de emprego, numa partilha de experiências, e manifestaram as suas expectativas e empenho no sucesso deste novo instrumento.
Por fim, usou da palavra o primeiro-ministro António Costa, que, para além de salientar a importância deste apoio ao empreendedorismo nas áreas de fraca densidade, fez questão de destacar o grande desafio das autarquias nos anos vindouros no que diz respeito aos desenvolvimento das regiões tendo em conta o processo de descentralização administrativa que irá ser, muito brevemente, posto em prática.