Coronavírus Covid-19
Linhas de Elvas
Elióptica 2020 - 5
Linhas em sua casa
CCDRA 4º Trimestre 2019
El Faro - Abril 2020
Linhas de Elvas
Nabeiroauto - Abril 2020
Jocriauto 012020
Assine Já
Linhas de Elvas
Nabeiroauto - Abril 2020
Jocriauto 012020
Sanielvas 358x90 - Nov17

Temperaturas máximas vão subir até 10 graus, depois caem e regressa a chuva

As temperaturas máximas vão subir na quarta-feira 10 graus Celsius e a partir de sexta-feira descem de forma significativa e regressa a chuva a todo, disse à Lusa a meteorologista Ângela Lourenço.

17 Março 2020

As temperaturas máximas vão subir na quarta-feira 10 graus Celsius e a partir de sexta-feira descem de forma significativa e regressa a chuva a todo, disse à Lusa a meteorologista Ângela Lourenço.
“Vamos ter uma subida da temperatura significativa amanhã [quarta-feira], em especial da máxima. Esta situação vai durar pouco tempo. Espera-se que a descida no dia seguinte [sexta-feira] seja acentuada”, disse a especialista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).
De acordo com Ângela Lourenço, na quarta-feira os valores das temperaturas máximas vão atingir em alguns locais dos distritos de Santarém, Évora e Portalegre 25 a 27 graus, e pontualmente até mais.
“A norte a temperatura pode atingir por exemplo em Braga os 26 graus, mas depois, rapidamente, no dia 20 [sexta-feira] não deverá ultrapassar os 20 graus em todo o território. Os valores mais altos serão na ordem dos 18 a 19 graus”, indicou.
Ângela Lourenço explicou que a descida de temperatura na sexta-feira é aproximadamente do mesmo valor que a subida na quarta-feira.
“Temos pontualmente nalguns locais subidas da ordem dos 10 graus, em alguns locais até superior, e depois na sexta-feira a descida vai ser da mesma ordem de grandeza entre 8 a 10 graus. O que vai subir amanhã desce na sexta-feira”, disse.
Segundo a meteorologista do IPMA, a subida repentina tem a ver com uma massa de ar mais quente que vem do sul da região de Marrocos e que vai trazer um ar mais quente e húmido.
“Também contribui o facto de termos os dias maiores, a caminhar para o início da primavera. Nos locais onde não há nuvens nem precipitação a temperatura tem tendência para aumentar”, concluiu.
Apesar da subida da temperatura, para hoje está prevista alguma precipitação na região sul devido a uma depressão que vem da região de Espanha para Portugal continental.
“Esta precipitação mais frequente na região sul vai diminuir gradualmente de frequência. A chuva regressa no dia 19 [quinta-feira], mas no dia 20 [sexta-feira] abrange todo o território”, adiantou.