euroace
Linhas de Elvas
Nutriprado
Elióptica Julho 2019
Liberdade Branco
Sanielvas 358x90 - Nov17
Assine Já
Liberdade Branco

num investimento de 67,6ME

Norte, Centro e Alentejo com 247 projectos sociais inovadores

Entidades das regiões Norte, Centro e Alentejo candidataram 247 projetos ao último concurso Parcerias para o Impacto da iniciativa Portugal Inovação Social, que vão implicar um investimento total de 67,6 milhões de euros, foi hoje anunciado.

08 Outubro 2019

Entidades das regiões Norte, Centro e Alentejo candidataram 247 projetos ao último concurso Parcerias para o Impacto da iniciativa Portugal Inovação Social, que vão implicar um investimento total de 67,6 milhões de euros, foi hoje anunciado.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a Portugal Inovação Social refere que o último concurso Parcerias para o Impacto da iniciativa para as três regiões "atingiu um número surpreendente de 247 candidaturas", que correspondem "a um total de 67.640.907,65 euros de financiamento solicitado".

No Norte foram apresentadas 111 candidaturas, no Centro 114 e no Alentejo 22, precisa a Portugal Inovação Social, referindo que a maioria dos projetos (217) é promovida por entidades da economia social.

Entre as 247 candidaturas, há 128 projetos de entidades que nunca tinham concorrido aos instrumentos de financiamento da Portugal Inovação Social e constata-se a presença de "mais empresas e instituições de ensino superior".

De acordo com as regras do concurso, o financiamento público de cada projeto candidatado, proveniente do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego do Portugal 2020, "só pode representar 70%" do investimento necessário e os restantes 30% devem ser assegurados por investidores sociais públicos ou privados.

Por isso, as 247 candidaturas correspondem a um pedido de financiamento público total de 47.348.635,36 euros, "mais do que duplicando a dotação prevista para o concurso, que era de 20 milhões de euros".

Por ser "mandatório" que os restantes 30% sejam garantidos por investidores sociais, as entidades que apresentaram as 247 candidaturas conseguiram angariar "um total de 20.292.272,29 euros junto de diversos tipos de investidores sociais, um número que revela sobretudo o crescente interesse pela inovação social por parte da sociedade civil".

"Estes resultados confirmam um novo paradigma de investimento social em Portugal que aposta na inovação, no empreendedorismo com missão social, na criatividade ao serviço da solidariedade, na mudança de comportamentos e na promoção de novas formas de pensar e de agir", considera o presidente da Portugal Inovação Social, Filipe Almeida, citado no comunicado.

No total, são 467 as entidades que surgem nas candidaturas na qualidade de investidores sociais, nomeadamente 250 empresas privadas, 112 municípios, 46 freguesias, comunidades intermunicipais e empresas municipais, 17 fundações e 14 associações, entre outros.

Isto "demonstra o cada vez maior conhecimento e interesse por projetos de inovação social", refere a Portugal Inovação Social, indicando que há "dois setores a liderar o investimento social: as empresas privadas, que representam 53%, e os municípios, que representam 24%, das entidades dispostas a financiar projetos.

O instrumento de financiamento do concurso Parcerias para o Impacto, um dos quatro geridos pela Portugal Inovação Social, destina-se a financiar em 70% a implementação, o desenvolvimento ou a expansão de projetos com impacto social em áreas como Educação, Saúde, Emprego, Justiça e Inclusão Social.

A Portugal Inovação Social é uma iniciativa pública nacional, pioneira na Europa, que tem como objetivo promover a inovação e o empreendedorismo social e dinamizar o mercado do investimento social em Portugal, através da mobilização de cerca de 150 milhões de euros em Fundos da União Europeia.

Além das Parcerias para o Impacto e dos Títulos de Impacto Social, a Portugal Inovação Social gere mais dois instrumentos de financiamento: Capacitação para o Investimento Social e Fundo para a Inovação Social.

LL // MLM