euroace
Linhas de Elvas
Elióptica Julho 2019
Nutriprado
Liberdade Branco
Sanielvas 358x90 - Nov17
Liberdade Branco
Assine Já

Legislativas2019 – Distrito de Portalegre

Sondagem do Linhas on-line acertou em todas as projecções do Alentejo

A sondagem publicada pelo diário on-line www.linhasdeelvas.pt na sexta-feira, dia 4 de Outubro, que previa que os socialistas elegeriam dois deputados no distrito de Portalegre, acertou no número de mandatos obtidos pelos partidos quanto ao número de deputados nos distritos de Portalegre, Évora e Beja.

06 Outubro 2019

A sondagem publicada pelo diário on-line www.linhasdeelvas.pt na sexta-feira, dia 4 de Outubro, que previa que os socialistas elegeriam dois deputados no distrito de Portalegre, acertou em toda a prova.


O estudo de opinião divulgado e efectuado pela Eurosondagem para o jornal “Linhas de Elvas” indicava que os socialistas Luís Moreira Testa e Ricardo Pinheiro teriam fortes possibilidades de serem eleitos deputados por Portalegre na Assembleia da República e assim acontceu.

De acordo com este estudo, nas eleições de hoje, dia 6, os socialistas elegeriam dois deputados no distrito de Portalegre, um cenário que, a confirmar-se, não acontecia desde 2005, quando o PS elegeu dois mandatos com 54,8%.

Neste estudo, a intenção de voto punha em evidência um declínio do Partido Social Democrata, tendo em conta os deputados alcançados pelos ‘laranjas’ nos últimos 20 anos. O PSD elegeu sempre um deputado desde 1999, excepção feita para o sufrágio de há 14 anos, inclusive quando o distrito tinha três assentos no Parlamento.

Recorde-se que, em 2015, o PS venceu 14 dos 15 concelhos que compõem o distrito de Portalegre, conquistando 42,43% dos votos, tendo a CDU alcançado mais uma vitória no “emblemático” concelho comunista de Avis.

O círculo de Portalegre contabiliza 96.425 eleitores, que escolheram hoje entre as ideias e propostas pelos 17 partidos que se apresentaram para eleger os dois deputados do distrito.

O PS apostou em Luís Moreira Testa, o PSD em António José Miranda, o CDS-PP em José Rato Nunes, a CDU candidata Manuela Cunha, o Bloco de Esquerda apresenta António Ricardo. Os seguintes partidos sem representação parlamentar apresentam os candidatos: PAN (Jorge Pereira), PURP (António Matos), PNR (Joaquim Vaz Rato), PDR (Nelson Rodrigues), Aliança (Carlos Carolino), António Corricas (PCTP/MRPP), Iniciativa Liberal (Mariana Nina), Livre (Isabel Alfacinha), Chega (Júlio Paixão), PTP (Manuel Fidalgo), Rir (Albino da Silva), MPT (Alexandre de Oliveira).